Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 11 de julho de 2020

Presídios entram na lista de vetos de Bolsonaro à lei que obriga uso de máscaras; leis estaduais e municipais continuam valendo
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu e atividades ao ar livre
Sancionada na última sexta (3), Lei 14.019/2020 agora passa a vigorar com mais vetos, publicados nessa segunda (6); presídios e estabelecimentos de cumprimento de medidas socioeducativas entram na lista de locais que não são obrigados a usar máscara
A lei que obriga o uso de máscaras de proteção individual em locais públicos e privados acessíveis à população, sancionada na última sexta-feira (3) pela Presidência da República, sofreu mais alterações. Nessa versão, Jair Bolsonaro havia vetado a obrigação do uso de máscaras em “estabelecimentos comerciais e industriais, templos religiosos, estabelecimentos de ensino e demais locais fechados em que haja reunião de pessoas.” A justificativa é que a imposição poderia ferir o artigo 5º da Constituição Federal, caracterizando possível violação de domicílio. Nessa segunda-feira (6), o presidente estendeu a desobrigação para presídios e estabelecimentos de medidas socioeducativas.
“É crescente o número de casos de coronavírus nos presídios brasileiros. Dispensar a exigência do uso de máscaras nesses estabelecimentos é facilitar a proliferação do vírus nas celas e nas demais áreas de convívio, uma vez que nosso sistema prisional é lotado, botando em risco também os servidores”, avalia o deputado federal, Gil Cutrim (PDT-MA).
Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), são mais de 9,5 mil casos confirmados da covid-19 nos presídios brasileiros e 114 já perderam a vida desde o início da doença no Brasil. Segundo Cutrim, o esforço dos parlamentares será agora para derrubar os vetos do presidente da República. “Em nossa relatoria do PL das máscaras, queremos enfatizar que o uso delas é a melhor forma de prevenção. Vetar parte importante do seu uso em presídios, igrejas, escolas é ir contra essa eficiente forma de se proteger”, pontua.
Na versão publicada no Diário Oficial da União dessa segunda, o representante do Executivo Federal desobriga, ainda, entidades e estabelecimentos de afixar cartazes informativos sobre a forma de uso correto de máscaras e o número máximo de pessoas permitidas ao mesmo tempo dentro do local. O veto se estendeu também à obrigação de estabelecimentos comerciais fornecerem álcool em gel e máscaras a funcionários.
“O veto do presidente da República naturalmente gera percepções distintas em panoramas distintos. Preponderantemente, há um conflito possível entre as legislações estaduais e municipais com a nova norma federal, porque havia uma expectativa de unificar a política no que se refere ao combate à doença. Mas o STF já se pronunciou a respeito da competência dos estados e municípios para tratar do assunto”, esclarece o advogado e professor de direito constitucional, André Lopes.
Ele confirma que estados e municípios não perderam a competência em editar decretos que obriguem o uso de máscaras em locais públicos e fechados, mesmo com a sanção da lei federal. “As leis locais não perderam suas eficácias pelo advento da norma federal. No que se refere à temática da saúde, especificamente no que diz respeito a EPIs, estados e municípios podem coordenar essas ações, de acordo com a Constituição Federal”, reforça o advogado.
O uso de máscaras ainda é obrigatório em “veículos de transporte remunerado privado individual de passageiros por aplicativo ou por meio de táxis” e “ônibus, aeronaves ou embarcações de uso coletivo fretados.” A obrigação, segundo o texto, fica dispensada no caso de “pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência intelectual, com deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara de proteção facial.”
Preocupação
O deputado Dr. Zacharias Calil (DEM-GO) avalia os vetos do presidente “com muita preocupação”. “Como médico, sabemos que o distanciamento social, o isolamento e o uso da máscara são de suma importância para evitar a propagação da doença. O vírus se propaga pelas gotículas de saliva, pelo espirro, por uma série de fatores dos quais a pessoa tem que se proteger e proteger outras pessoas também”, frisa.
Por se tratar de uma patologia ainda desconhecida, a melhor forma de evitar que a doença se propague, segundo o médico e parlamentar, é manter o distanciamento – e usar a máscara. “Seria interessante que os prefeitos fizessem a conscientização com as pessoas sobre a necessidade do uso, mesmo que não seja obrigatório”, sugere Calil. As secretarias estaduais e municipais de Saúde têm um papel importante nessa campanha, segundo o deputado.
No estado goiano, já são quase 30 mil casos confirmados e pouco mais de 650 mortes. Desde as primeiras semanas de abril, um decreto do governo local obriga a população a sair de máscara na rua. Para o médico Zacharias Calil, o bom senso pode contar como fator positivo nessa conscientização. Mesmo que o estado ou município desobrigue o uso, é importante que a população e o comércio em geral conheçam melhor o potencial de danos do novo coronavírus.
“Vejo como uma medida de conscientização, de prevenção e de esclarecimento, de falar sobre a importância da máscara. Pode ser um fator opcional? Pode, mas depende da aceitação, o que também é preocupante”, analisa.
Fausto Pinato, deputado federal pelo PP de São Paulo, defende que as decisões acerca do novo coronavírus sejam tomadas a partir de embasamento científico. “Sempre defendi que toda decisão sobre a pandemia deve estar amparada na ciência – e não no achismo. Ainda não tive contato com as justificativas dos vetos, mas a meu ver não foi uma decisão embasada na ciência”, observa.
Em relação a normas municipais e estaduais sobre o uso de máscaras e outras medidas relacionadas à doença, Pinato se mostra tranquilo, já que os tribunais reconhecem a competência dos entes. “Isso é bom, principalmente para os prefeitos, que estão mais próximos da população e entendem melhor as peculiaridades da doença. O ideal seria União, estados e municípios juntos, formando uma verticalização de comando, para que o povo tenha mais confiança nas decisões tomadas”, reflete.
O deputado avalia a atuação do governador de São Paulo, João Dória, como “agindo dentro do que pede a ciência.” Mas, segundo ele, “deveria fiscalizar melhor”. Segundo dados oficiais, o estado já tem contabilizados 323 mil casos confirmados da doença e mais de 16 mil mortes. Só na cidade de São Paulo, já são mais de 140 mil casos e 7,6 mil mortes até 7 de julho.
Nenhuma descrição de foto disponível.
Coronavírus
Nesta terça (7), o presidente Jair Bolsonaro confirmou, em rede nacional, que foi infectado pela doença. Disse que recebeu o resultado com “naturalidade” e que teve sintomas como febre, tosse e mal estar. O Brasil já está em segundo lugar no número de casos (1,6 milhão) e já contabiliza 65,6 mil mortos.

fonte:Brasil 61

Doando para ser feliz

Ele era um homem bem sucedido naquela aldeia da Finlândia. Alfaiate, sustentava com seu trabalho a esposa e os filhos, até o dia em que uma grande epidemia matou todos os seus amores. Ficou só e por essa razão deixou de trabalhar.

Dentro em breve ninguém mais o reconhecia andando pelas ruas, maltrapilho e triste. Era um homem amargurado.

Embora os cânticos do natal se fizessem ouvir em todas as esquinas, ele continuava mergulhado em sua tristeza.

De repente se viu defronte a uma grande vitrine, cheia de brinquedos. Um garoto pobre olhava com desesperança e desilusão as coisas bonitas e vistosas.

O homem pareceu ouvir em sua intimidade o que pensava o garoto: eu nunca saberei o que é ter brinquedos tão bonitos assim.

O antigo alfaiate começou a chorar, pela primeira vez em muito tempo, não por si mesmo mas pelo menino. Pensou em quantas crianças como aquela existiriam em sua aldeia. Pobres que não teriam nenhum brinquedo naquele Natal.

Sem pensar por onde andava, ele foi seguindo por caminhos desconhecidos. Então, se viu diante de um barraco onde as pessoas da aldeia jogavam lixo e bugigangas.

Coisas que não queriam mais.

Entrou, sem bem saber porque. Mas parecia que alguém lhe comandava os gestos. E agora, lhe dizia, bem dentro do seu coração:

Veja!

Procure entre as bugigangas o que possa ser consertado. Leve para casa e conserte. Pinte. Presenteie. Faça uma criança feliz.

Ele começou a remexer os entulhos. Havia bonecas, carrinhos, e maravilha!

Encontrou até um caixote de ferramentas.

Estavam enferrujadas mas ele as lixou, afiou e ficaram como novas. Numa das divisões do caixote encontrou um jogo de agulhas de costura e linhas de muitas cores.

Ele se pôs a trabalhar.

Nos dias seguintes, recolheu brinquedos quebrados por toda parte. Discretamente, perguntou e se informou onde morava cada criança carente da cidade.

Trabalhou arduamente até altas horas da noite. Até os seus olhos doerem, sua visão ficar embaçada e ele adormecer na cadeira.

Ao despontar o dia, acordava e continuava o seu trabalho de amor.

Na noite de natal ele saiu com vários embrulhos e foi andando, deixando em cada porta das casas das crianças da sua lista, um brinquedo. Uma boneca, um carrinho, um cavalo de pau.

A noite estava fria e ventava muito. Várias vezes ele foi e voltou, até distribuir todos os sete grandes sacos que conseguira recolher e arrumar.

Depois de uma longa noite de trabalho, o homem morreu bem cedinho no silêncio da manhã de Natal.

Quando o dia despertou, os sorrisos se multiplicaram nas casas pobres, ante a surpresa e o encanto com os brinquedos.

***

Faça deste Natal um Natal inesquecível.

Conheça aquele que deu origem ao natal.

Aquele que dá amor e alegria a milhões de pessoas.

Abra o seu coração para Jesus. Encha-se do Seu amor, da sua paz e alegria para sempre.

Aprenda, como o alfaiate da nossa história, que dar é muito melhor que receber.

Preencha sua vida com atos de amor, fazendo outras vidas felizes. Faça deste Natal o início de um Natal permanente em seu coração.

TCV Net

Trabalhar de casa, em HOME OFFICE e entregando o melhor desempenho é com a TCV Net!
Assinou, navegou e AMOU! 
📲 18 3271-5011 ou 18 99122-1871
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto que diz "250 mega 8800 400 mega 130 HOME OFFICE FICA AINDA MELHOR COM A TCV NET Tev"

Menina de 7 anos faz levantamento de peso e deixa a internet chocada

Um único vídeo com os exercícios foi visto por 17,7 milhões de pessoas no Instagram

Globo pode dar desconto de até 40% para pacote do Premiere no Brasileirão

Emissora tenta recuperar falta de adesão recente

Farmais

Novo Mundo – Capítulo de Sábado (11/07): Joaquim é preso e Anna foge


Novo Mundo
Joaquim é preso, em Novo Mundo (Imagem: Divulgação / Globo)
Globo exibe neste sábado, 11/07, mais um capítulo da novela Novo Mundo. Confira o resumo:
Joaquim é preso. Anna afirma a Olinto que desembarcará no Rio de Janeiro. Cecília e Libério combinam de casar assim que Sebastião viajar. Diara se espanta ao saber que Greta sairá com Ferdinando.
Domitila recebe dinheiro de um fazendeiro para manipular Dom Pedro. Greta diz que ajudará Ferdinando com suas pesquisas. Thomas exige que seus homens encontrem Anna.

Joaquim presta depoimento a Egídio. Germana vê Hugo beijar um homem, sem saber que é Elvira disfarçada. Anna, Olinto e as crianças pedem abrigo na casa de Peter.

João Neto e Frederico - Radin Ligado (Clipe Oficial)

A Vantajosa Móveis

‘Quero estrear logo’, diz Carolina Ferraz sobre ‘Domingo Espetacular’
A atriz Carolina Ferraz assume a apresentação do 'Domingo Espetacular' no próximo domingo, 12 © Nicole Gomes / Record TV / Divulgação A atriz Carolina Ferraz assume a apresentação do 'Domingo Espetacular' no próximo domingo, 12
A atriz Carolina Ferraz participou do programa Hoje em Dia nesta sexta-feira, 10, e falou sobre a sua estreia como apresentadora do Domingo Espetacular. Ela irá dividir a apresentação com o jornalista Eduardo Ribeiro a partir do próximo domingo, 12, às 19h45.
“Eu quero estrear logo. Estreia tem aquela coisa que você tem que atravessar aquilo pra poder tomar conta, tomar posse de algo”, comentou Carolina enquanto conversava com os apresentadores César Filho e Renata Alves.
Anunciada como nova apresentadora do programa em 19 de junho, ela revelou que tem realizado algumas reuniões junto com Eduardo e a equipe do programa, e já gravou alguns pilotos do programa. “Eu estou super animada para por o bloco na rua”, afirmou.
“Eu estou muito feliz de estar aqui como apresentadora. Eu estou completamente focada em trabalhar agora como apresentadora mesmo, acho que faz sentido”, contou ela no Hoje em Dia.
Carolina não aparecia na TV desde 2016, quando seu contrato com a Rede Globo não foi renovado e ela foi dispensada da emissora após 27 anos.
Apesar de ser conhecida principalmente por seu trabalho como atriz, Carolina também tem experiência como apresentadora, passando pelo Fantástico.
João Pedro Malar*
Estadão
Fonte:msn

MULTI SHOPPING VENCESLAU

MULTI SHOPPING VENCESLAU


A imagem pode conter: texto

Supermercados Pinheirão

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto e comida

Guga's Oriental Gourmet



Uma Alimentação Saudável, te auxilia a manter sua IMUNIDADE ALTA. Portanto, alimente-se bem, e, previna-se. 😷 #ficaadica
🔊COMUNICADO🔊
🔛Estamos atendendo ao público em nossas Instalações, em nosso espaço físico, a partir das 11h00 até as 14h00, obedecendo as restrições de momento, conforme o Decreto Municipal:
- obrigatório o uso de máscara
- utilização do álcool gel 70
- manter distânciamento
- evitar aglomeração


🔝Cardápio Variado 
🆙Comida Saudável
🚘Drive-Thru 
🏍️Delivery 

Sejam Todos Benvindos
#vaipassar

Brasil vai exportar mel especial para EUA
Nenhuma descrição de foto disponível.
O programa Rota do Mel, do Ministério do Desenvolvimento Regional, investiu na produção de mel no Norte de Minas

Duas novelas disputam vaga de Eta Mundo Bom no Vale a Pena Ver de Novo; descubra

Eta Mundo Bom ganhará reprise no Vale a Pena Ver de Novo (Reprodução)
Globo provou que fez mais uma boa escolha para o Vale a Pena Ver de Novo. Depois dos sucessos de Por Amor e Avenida Brasil, a emissora carioca apostou em Eta Mundo Bom para seguir com o sucesso do horário. E deu certo.
A história de Walcyr Carrasco segue apresentando números expressivos e, em seus primeiros meses de exibição, tem uma média superior à da antecessora na faixa. Com isso, estuda-se qual folhetim pode ser o próximo exibido nas tardes do canal.
De acordo com o site NaTelinha, existem duas novelas da sete no páreo para ficar com o horário que por meses está pertencendo a Candinho (Sérgio Guizé) e seu burro Policarpo. São elas Beleza Pura (2008) e Ti-ti-ti (2010), ambas de sucesso.
De acordo com a publicação, o que a Globo pensa é que a aposta em uma trama leve possa ser o ingrediente perfeito para manter a boa audiência da faixa. Eta Mundo Bom é uma novela bastante leve e que tem no humor seu carro-chefe.
Como os capítulos da trama são mais curtos por ela ter sido exibida no horário das seis, atualmente a reprise exibe dois capítulos originais por dia, sem cortes. Com isso, o folhetim deve ter seu desfecho exibido já no mês de setembro.

Conheça as duas tramas

Beleza Pura
Exibida entre fevereiro e setembro de 2008, Beleza Pura foi escrita pela autora Andréa Maltarolli (1962-2009). O elenco é encabeçado por Regiane Alves e Edson Celulari, que formam o casal principal, e Carolina Ferraz interpreta a vilã Norma, em um de seus mais famosos papeis.
A trama se passa em Niterói, no Rio de Janeiro, e conta a história de Guilherme Medeiros (Edson Celulari), um engenheiro aeronáutico que vê sua vida desmoronar ao ser responsabilizado por um acidente de helicóptero.
Sem saber que seu projeto foi sabotado, e julgando-se culpado pela morte de cinco pessoas – Sônia (Christiane Torloni), Olavo (Reginaldo Faria), Alex (Guilherme Fontes), Márcia (Helena Fernandes) e Mateus (Rodrigo Veronese) –, ele resolve dar continuidade aos projetos de vida das vítimas. A tragédia faz com que o protagonista, egoísta e mulherengo, reavalie seus valores. Ao mesmo tempo, ele se apaixona pela dermatologista Joana (Regiane Alves).
Ti-ti-ti
Exibida entre julho de 2010 e março de 2011, Ti-ti-ti é um remake da novela de mesmo nome, exibida em 1985, e também tem duas tramas de Plumas e Paetês (1980). De autoria de Maria Adelaide Amaral, a história tem como Alexandre Borges e Mutilo Benício seus protagonistas, além de contar com um grande elenco.
Muito humor, romance e ironia dão a tônica da novela, que também conta com personagens criados especialmente para a nova produção e inclui personagens clássicos de outras tramas do autor.
Alexandre Borges e Murilo Benício interpretam os rivais da história, respectivamente Jacques Leclair e Victor Valentim, que passam a novela inteira se digladiando para ver quem sobressai no mundo na moda como estilista bem-sucedido, com o nome transformado em grife e as coleções desfiladas nas grandes semanas de moda e fotografadas para as revistas de celebridades.