Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 21 de setembro de 2019

Quebrando recordes! Luan Santana supera Legião Urbana: 'Achei que não fosse conseguir'

Artista comemorou lançamento de novo DVD gravado na Bahia

Por MH
Luan Santana
Luan Santana - 
Justiça paralisa programa Nosso Bairro em Presidente Venceslau
Por: Portal Bueno
A imagem pode conter: árvore, céu, planta, carro, atividades ao ar livre e natureza
arquivo
A juíza de direito Daiane Thaís Souto Oliva de Souza deferiu, nesta quinta-feira (19), o pedido de tutela de urgência postulada pelo Ministério Público contra a Associação Nacional de Habitação de Interesse Social e Desenvolvimento Urbano (Anahis) e contra seu atual presidente, Marcelo Roberto Augusto. A Associação é responsável pela implementação de Programa Habitacional denominado "Nosso Bairro - Lotes urbanizados" em Presidente Venceslau, com a finalidade de oferecer a aquisição de imóvel próprio por valores irrisórios se comparados ao preço do mercado imobiliário.
A decisão foi tomada após o Ministério Público de Presidente Venceslau mover ação civil pública por obrigação de não fazer em desfavor à Anahis. Com a decisão, a Associação deverá interromper vendas, promessas de vendas, reservas de lotes ou quaisquer negócios jurídicos que manifestem intenção de vender ou alienar por qualquer forma ou modalidade lotes ou frações ideais do referido loteamento, sob pena de multa no valor de R$ 20 mil por negócio celebrado. Estão proibidas também a realização de propagandas ou publicidades sobre o loteamento, recebimento de prestações ou mensalidades (vencidas e vincendas) e atividades relacionadas à transformação física do imóvel, como movimentos de terra, cortes, aterros e serviços de topografia. Em caso de descumprimento destas determinações, a Anahis poderá ser multada.
O município de Presidente Venceslau foi intimado para promover a fiscalização dos locais em que as reuniões são realizadas, bem como as ofertas e comercialização de lotes, com a finalidade de proibir qualquer atividade material de execução do empreendimento antes de sua aprovação e registro imobiliário, bem como se abstenha de aprovar loteamento desprovido dos requisitos legais e de garantias mínimas quanto à execução de obras de infraestrutura, sob pena de responsabilidade nos termos do artigo 40 da Lei de Parcelamento do Solo Urbano.
Foi determinado ainda o encaminhamento de ofício para a Câmara Municipal de Presidente Venceslau, para que os vereadores tomem conhecimento do ajuizamento da presente ação e, consequentemente, promova a fiscalização.
A juíza determinou, ainda, a colocação de forma solidária por parte dos réus de um aviso por placa ou faixa na entrada do imóvel cujo parcelamento se pretende e de tamanho bem visível, informando que o loteamento projetado não pode ser executado e está paralisado por não estar aprovado e registrado, comprovando nos autos, sob pena de multa de R$ 5 mil por dia de atraso e de R$ 50 mil em caso de retirada do aviso sem autorização judicial; bem como o oferecimento ao Juízo no prazo de dez dias, contados a partir da intimação, das quantias recebidas pela comercialização dos lotes, para depósito em conta judicial ou apresentem caução idônea, notadamente porque em tese eivado de nulidade o negócio jurídico.
O bloqueio da conta bancária aberta em nome da Anahis, destinada a receber as prestações pagas pelos adquirentes de lotes, foi outra determinação incluída na decisão. O número da conta deverá ser fornecido pelo autor em 24h, contados da decisão. O banco depositário foi intimado para que não proceda qualquer movimentação que implique em operações de débito, sem prévia autorização do Juízo; encaminhe mensalmente extrato da conta, especificando o saldo; e proceda ao necessário para que o dinheiro fique em conta poupança, evitando os efeitos da inflação, tudo sob pena de cominação de multa diária para a hipótese de descumprimento.
Para fiscalização e fiel preservação das cautelares, as Polícias Civil, Militar e Ambiental, bem como a Prefeitura foram comunicadas da decisão.
Justificativa
A decisão proferida considera que "há elementos seguros a demonstrar a probabilidade do direito posto em discussão, já que a coletividade estaria, em tese, sendo levada a acreditar que estariam adquirindo fração ideal de lote de terras, por meio de Associação irregular, sem que, previamente, tenha havido o correto procedimento de parcelamento do solo para tanto e ausentes às exigências da Lei 11.795/08, quanto a eventual consórcio".
O texto segue. "O perigo de dano e o risco ao resultado útil do processo se perfazem na medida em que a Anahis embora se apresente como Associação sem fins lucrativos não comprova essa condição, fazendo com que a prática dessa atividade de oferecimento de lotes de terras, sem devido parcelamento do solo, tal como previamente demonstrada pelo conteúdo documental primário, possua contornos de atividade empresarial de incorporação imobiliária, fugindo à finalidade que se pretende transparecer, em flagrante prejuízo aos adquirentes, que podem vir a perder as economias de grande parte da vida, assumindo o pagamento de parcelas de um negócio jurídico, em tese, nulo".
Mesmo caso
Na região de Presidente Bernardes e Emilianópolis, o Judiciário concedeu liminar no final do mês passado para determinar a suspensão das vendas, promessas de vendas, reservas de lotes e negócios similares que envolvam o loteamento da Anahis.
A decisão, concedida após pedido da Promotoria por meio de ação civil pública, considerou que o parcelamento do solo urbano estava sendo feito "em total afronta à legislação".
Outro lado
O Integração Regional tentou contato com o presidente da Anahis, Marcelo Augusto, mas não conseguiu resposta até o fechamento desta edição, na tarde desta quinta-feira (19).
Em contato telefônico com a sede da Anahis, localizada no município de Monte Alto (SP), o Integração Regional conversou com um representante do setor administrativo da associação, que informou ainda não ter conhecimento a respeito da questão. Foi dito ainda que representantes da Anahis se reuniram com o promotor de Justiça, Washington Gonçalves Vilela Júnior, oportunidade em que a apresentação de documentos foi solicitada. Após o encaminhamento, a Anahis aguardava o posicionamento.
As informações são de Eduardo Maduro, do Jornal Integração Regional.

Jô vai vender bolo na rua em 'A Dona do Pedaço'

Ao ser chamada de boleira, vilã se irrita, atira fatias nos clientes e briga com a mãe

Por Juliana Pimenta
Josiane (Agatha 
Moreira): falso arrepen dimento
Josiane (Agatha Moreira): falso arrepen dimento - 

Fã empurrada por produtor comenta experiência no 'Altas Horas': 'primeira e última vez'

Universitária Sandra Roberta afirma ter se sentido ofendida desde que pisou no estúdio da atração

Por O Dia
Sandra Roberta no 'Altas Horas'
Sandra Roberta no 'Altas Horas' - 
Cesta básica apresenta deflação de 4,58% e passa a custar R$ 565,47 em Presidente PrudenteGrupos de Alimentos e de Higiene Pessoal puxaram a queda nos preços. Pesquisa foi realizada em seis supermercados da cidade.
Por G1 Presidente Prudente
A imagem pode conter: 1 pessoa, comida
O Índice de Preços Toledo (IPT) constatou uma deflação de 4,58% nos preços dos supermercados em Presidente Prudente na comparação com a pesquisa anterior.
De acordo com os dados divulgados na tarde desta sexta-feira (20), o consumidor que gastava R$ 592,59 para compra da cesta básica do IPT, passou a desembolsar, em média, R$ 565,47.
O grupo de Alimentos apresentou deflação de 5,29%, com destaque para a batata (Kg) com queda de 31,97% e o vinagre com baixa de 28,34%.
Seguindo a tendência de baixa dos preços, o grupo de Higiene Pessoal apresentou deflação de 3,87% com destaque para o papel higiênico com baixa de 18,59% e o absorvente aderente (oito unidades) com queda de 9,13%.
Em contrapartida, o grupo de Artigos de Limpeza apresentou inflação de 2,82%, com destaque para o sabão em barra (200g) que apresentou aumento de 13,68% e o desinfetante (500ml) com alta de 13,20%.
Devido às promoções, variedades e disponibilidade de produtos nos estabelecimentos, alguns produtos apresentaram uma considerável diferença de preços entre os locais pesquisados, como a batata que variou entre R$ 1,58 e R$ 3,99, resultando em uma diferença de 152,53%, e o sal, que variou entre R$ 0,99 e R$ 2,59, com uma diferença de 161,62%.
A concorrência entre os supermercados dá ao consumidor a oportunidade de economizar até 45%, pois, comprando uma unidade de cada produto pelo maior preço, ele gastaria R$ 258,10. Já se a sua compra fosse feita pelo menor preço de cada produto, o total gasto seria de R$ 178,04, economizando assim o valor de R$ 80,06.
A pesquisa foi realizada no dia 18 de setembro, em seis supermercados de Presidente Prudente.
Fiscalização apreende carga de 7 mil relógios do Paraguai que seriam comercializados na capital paulista
Dois veículos que transportavam as mercadorias foram abordados nesta sexta-feira (20), na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Bernardes.
Por G1 Presidente Prudente
A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre
Foto: Polícia Militar Rodoviária
A Polícia Militar Rodoviária apreendeu nesta sexta-feira (20) uma carga de sete mil relógios sem comprovação de origem fiscal que era transportada em dois veículos abordados pela fiscalização no km 585 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Bernardes (SP).
De acordo com a corporação, as mercadorias haviam sido adquiridas no Paraguai e, embora os dois veículos que as transportassem tivessem placas de Presidente Prudente (SP), o destino dos produtos era o comércio da cidade de São Paulo (SP).
As quatro pessoas envolvidas na ocorrência de descaminho – dois homens, de 39 e 40 anos, condutores dos veículos, e duas mulheres, de 33 e 36 anos, que seguiam como passageiras – foram apresentadas na Delegacia da Receita Federal, em Presidente Prudente, e após o registro do caso acabaram liberadas.
Já as mercadorias e os veículos permaneceram apreendidos.
PRF apreende na BR-267 em Bataguassu veículo recheado com "supermaconha"
Redação
Da Hora Bataguassu

Fotos: Tiago Apolinário/Da Hora Bataguassu
Policiais Rodoviários Federais realizaram na manhã desta sexta-feira (20) a apreensão de mais de 19 KG de Skunk [super maconha], que seguia sendo transportada em um fundo falso, no assoalho de um veículo pela BR-267.
A apreensão aconteceu na base de fiscalização da PRF, quando foi dada ordem de parada a um veículo VW/Voyage, placas do estado dos Amazonas, conduzido por um homem de 41 anos. Em entrevista ele apresentou bastante nervosismo e respostas desencontradas a respeito de sua viagem, sendo então realizada uma vistoria no veículo, sendo encontrada a droga escondida no assoalho.
Aos policiais o homem informou que levaria a droga para São Paulo e pelo transporte receberia 5 Mil Reais. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado a Delegacia de Policia Civil de Bataguassu, juntamente com veículo e droga.
Após pesada a super maconha, assim como é conhecida, totalizou 19,25 Kg.

Musa fitness mostra seu corpão e dá dicas de como superar o temido efeito sanfona

O equilíbrio foi essencial para ela construir o corpo sarado de hoje

Por O Dia
Musa fitness Sue Lasmar
Musa fitness Sue Lasmar - 
Karina Balestrin, do Musa do Brasileirão
Divulgação

Rio - Que os jogadores de futebol despertam o desejo das mulheres não é novidade. Não à toa, muitos se envolvem em romances polêmicos com modelos e famosas. Ao contrário da maioria, a modelo Karina Balestrin garante que não corre atrás dos craques. Candidata a Musa do Santos pelo concurso Musa do Brasileirão, a loira não quer pegar carona na fama de nenhum atleta.

“Não sou mais uma Najila [Trindade] da vida. Acho que ela se aproveitou da fama do Neymar para crescer”, dispara. “Mas isso ficou para trás, né? Não sou maria chuteira. A minha paixão por futebol vai muito além dos jogadores. E o Santos faz parte da minha vida desde muito pequena, não entrei no concurso para pegar ninguém... Entrei porque amo futebol”.

Além disso, Karina quer aproveitar o Musa do Brasileirão para fazer decolar sua carreira como modelo e influencer digital. “Quero mostrar o meu talento como modelo para ser reconhecida. Nunca precisei manter um relacionamento de fachada para me dar bem. Sou bem independente e isso me faz uma mulher de personalidade forte”.

De olho no título de Musa do Santos 2019, Karina Balestrin agora está focada no desfile de apresentação das candidatas no dia 5 de outubro, em São Paulo. Na passarela, ela promete ousar e fazer uma entrada tecnicamente perfeita. “Estou treinando muito e cuidando do shape para fazer bonito e ganhar aplausos”.

Participante de 'A Fazenda' mostra as partes íntimas e peoas reagem: 'Era o dedo?'

Confinados repercutiram atitude do humorista Viny Vieira

Por O Dia
Participante de 'A Fazenda' teria mostrado as partes íntimas no reality
Participante de 'A Fazenda' teria mostrado as partes íntimas no reality - 

Punição e Caio Castro geram discussão entre Bifão e Tati Dias na 'Fazenda'

Peoas confirmaram que o ator foi motivo da briga entre as duas antes do reality

Por O Dia
Tati Dias e Bifão em 'A Fazenda'
Tati Dias e Bifão em 'A Fazenda' - 

Paula Burlamaqui celebra a primavera e abre jogo sobre casamento com homem 13 anos mais novo


Foto: Vinícius Mochizuki/Divulgação
Paula Burlamaqui Foto: Vinícius Mochizuki/Divulgação
Primavera é tempo de florescer, se reinventar e enxergar as belezas da vida. E para inaugurar a estação mais colorida do ano, a atriz Paula Burlamaqui abre sua casa no Rio de Janeiro e posa entre flores e com looks vibrantes como estrela do Camarim Gshow. Linda e bem resolvida, aos 52 anos, a intérprete da doutora Letícia, em "Órfãos da terra", abre o jogo sobre seu casamento com o empresário Eduardo Reys, 13 anos mais novo que ela, revela se ainda pretende ter filhos, como lida com a fase mais madura da vida, a carreira de mais de 30 anos e o título de sexy symbol, que, segundo ela, soube aproveitar da melhor maneira possível. O Camarim com Paula Burlamaqui está no ar no Gshow nesta segunda-feira, dia 23.
Siga-me no Twitter @carla_bit e no Instagram @carlabittencourt

Em 'A dona do pedaço', Régis tem recaída no vício em jogos


Novela A dona do pedaço
Novela A dona do pedaço Foto: Reprodução TV Globo
Foto: Reprodução TV Globo
Régis (Reynaldo Gianecchini) vai ficar mal depois de assinar o divórcio de seu casamento com Maria da Paz (Juliana Paes), em “A dona do pedaço”. Ele fica na fossa, bebe e tem uma recaída no vício em jogos. O ex da boleira pega o dinheiro reservado para o pagar os fornecedores de sua loja de vinhos e torra tudo em um cassino. Régis ainda se endivida com um agiota e é ameaçado de morte caso não pague o que deve.
A recaída de Régis acontece depois de ele ter limpado sua imagem de golpista. Nas próximas semanas, o ex-amante de Josiane (Agatha Moreira) terá várias cenas fofas ao lado do filho, Arthur (Bernardo Dantas Ribas), mas acaba voltando a jogar e a beber.
Régis conta para Josiane que perdeu dinheiro no jogo. A jovem diz que os dois nunca vão mudar e que se merecem. O playboy diz que ama Maria da Paz (Juliana Paes) e a rejeita.
Siga-me no Twitter @carla_bit e no Instagram @carlabittencourt

Artistas trans se identificam com Britney, de 'A dona do pedaço': 'Uma senhora fez um policial me tirar do banheiro'

Britney, de 'A dona do pedaço', enfrenta situações comuns na vida de mulheres trans
Britney, de 'A dona do pedaço', enfrenta situações comuns na vida de mulheres trans Foto: João Cotta
Matheus Freitas
Foto: João Cotta

As tramas de Britney (Glamour Garcia) em “A dona do pedaço” não são apenas coisa de novela.
— Minha história é bem parecida com a dela — afirma Gabriela Loran, a primeira atriz trans a integrar o elenco de “Malhação”, comparando seu processo de transição ao da personagem da novela das nove.
Apesar de Britney e Gabriela poderem contar com o apoio e a aceitação de suas respectivas famílias, essa não é uma realidade comum na vida da população trans.
— Na vida real, é diferente. Não aparecemos de surpresa. Algumas famílias acompanham a transição; outras, não aceitam — diz Ariadna Arantes, ex-BBB e, hoje, influenciadora digital: — Minha tia me apoiou muito, ela me deu minha primeira calcinha. Mas minha mãe teve muita resistência em aceitar. Hoje, todos me respeitam e me escutam.
Se em casa a vida de Britney foi mais tranquila, da porta para fora a história é outra. Num encontro romântico com Abel (Pedro Carvalho), por exemplo, a jovem foi impedida de usar o banheiro feminino, problema rotineiro na vida de pessoas trans.
— Quando vi essa cena, eu me senti dentro da novela. A gente fica sem chão quando algo assim acontece — diz a cantora Pepita, que lembra ainda: — Uma vez, durante uma viagem, eu tomei um remédio que não caiu muito bem e fui ao banheiro feminino da rodoviária. Uma senhora fez um policial me tirar do banheiro. Ele apontou o dedo para mim e disse: “Você tem que virar homem, tem que respeitar, isso aqui é lugar de mulher”. Se não fosse por uma jovem advogada que estava lá e me defendeu, eu ia passar por um constrangimento ainda maior. Até hoje tenho um processo contra a senhora, o policial e a rodoviária.
Ainda sobre Abel, Britney passou muito tempo pensando se contava ou não para o pretendente sobre sua condição de gênero. Quando contou, ele ficou possesso, agressivo e chegou a chamá-la de monstro.
— Às vezes é preferível a gente tentar viver na sombra do que se expor e perder uma pessoa bacana. Mas chega uma hora em que a gente se sente sufocada — admite Pepita.
Gabriela, que hoje está em um relacionamento sério, diz que sempre preferiu ir direto ao ponto:
— Mesmo na época em que eu usava aplicativo, colocava “mulher trans muito empoderada e desconstruída pronta para desconstruir seu preconceito”. E aí só se aproximavam de mim caras que tinham interesse em conhecer pessoas iguais a mim. Mas já encontrei muito cara ruim, muito cara ridículo.
As artistas comentaram, também, sobre como as novelas podem melhorar a representatividade das mulheres trans.
Resistência
Pepita gostaria de ver na TV mais força e determinação nas personagens trans. “Eu acho que falta garra, porque a gente, travesti, é resistência. A gente pode bambear, mas não cai. Nós perdemos um emprego, mas não uma guerra, meu amor”, afirma a cantora.
Pluralidade
Gabriela torce para ver na TV mais personagens trans. Se possível, numa mesma produção. “Geralmente, só tem um em cada trama, né? Poderia ter três ou quatro personagens trans com conflitos diferentes, seria icônico”, diz.
Justiça
Ariadna aprova a trama de Britney e opina: “Ela não deveria aceitar as chantagens de Fabiana (Nathalia Dill). Tinha que se posicionar com testemunhas por perto e partir pro processo mesmo! Mostrar que temos direitos é positivo para a visibilidade”.

GORETE MILAGRES EXPLICA POST PEDINDO TRABALHO NA TV: 'MINHA GELADEIRA ESTÁ CHEIA'

Extra
Após publicar um post no Instagram pedindo trabalho a emissoras de TV, Gorete Milagres resolveu fazer um vídeo para explicar que não está passando dificuldades financeiras. A atriz, que ficou famosa com a personagem Filomena, do bordão "Oh, coitado!", diz que ficou surpresa com a repercussão do seu post e contou que recebeu até mensagens de pessoas querendo fazer uma vaquinha para ela.
"Não fiz o vídeo para me vitimizar. Estou bem financeiramente. Não precisa fazer vaquinha para mim. Só quero fazer novelas. Tá tudo bem, está tudo tranquilo: a minha geladeira está cheia, minhas contas estão pagas, meu plano de saúde também... Não estou passando dificuldades financeiras e não precisam fazer vaquinha para mim", enfatizou.
No vídeo publicado e seu Instagram, ela contou que está com a agenda cheia de trabalhos e revela que comprou uma casa.
"Acabei de comprar uma casa lá em Jericoacoara (no Ceará), naquele paraíso maravilhoso. Vou reformar a casa para alugar. Tenho os meus negócios paralelos à minha vida de atriz. Faço filme, vou voltar ao teatro e só fiz o post porque quero fazer novelas, só isso". Assista ao vídeo: