Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

No photo description available.
Bom Sucesso: Paloma fica horrorizada com passado de Alberto 
Inimigo do empresário, Eric fará revelações bombásticas sobre ele

Reprodução/TV Globo
REPRODUÇÃO/TV GLOBO

MARCELO NOBRE

Os próximos capítulos de Bom Sucesso vão marcar uma tremenda reviravolta na história. Vítima de uma diabólica armação de Diogo (Armando Babaioff), Paloma (Grazi Massafera) será demitida por Alberto (Antonio Fagundes) sem a menor cerimônia e qualquer justificativa. Magoada, ela vai se tornar presa fácil para o maior inimigo do empresário, Eric (Jonas Bloch), que tratará de fazer a caveira do ricaço para a costureira.
Tudo começa com um golpe sujo de Diogo. Ele faz com que bandidos peguem Paloma e o irmão dela, Antonio (Anderson Muller), como reféns e os obrigam a acompanhá-los em um assalto à mansão de Alberto. Pouco depois, o marido de Nana (Fabíula Nascimento) obtém um vídeo no qual os marginais apontam os irmãos como seus comparsas e força o sogro a demitir a acompanhante. Caso contrário, entregará o material à Polícia.
Sem imaginar que foi demitida para ser protegida, Paloma fica magoada e logo é procurada por Eric. O homem, riquíssimo e inimigo do dono da Prado Monteiro, diz que precisa contar a ela quem Alberto é de fato. Então, descreve um retrato tenebroso do pai de Marcos (Romulo Estrela).
O sujeito conta que era um aspirante a escritor, estava finalizando seu primeiro livro e tinha uma noiva, Cecília. Então, conheceu Alberto e ambos ficaram amigos. Viviam juntos, conversando sobre literatura, até que o hoje dono da Prado Monteiro conheceu Cecília e a seduziu. Em seguida, Eric foi convencido pela jovem a emprestar dinheiro a Alberto para comprar uma pequena editora, ser colocado como sócio e lançar seu livro, mas foi passado para trás. Afinal, os acordos foram feitos “de boca” e não tinham valor jurídico.

Paloma fica horrorizada com as revelações e acaba acreditando, pois acha que foi eliminada da vida de Alberto muito facilmente. Nesse momento, Eric aproveita para dizer que o dono da Prado Monteiro é exatamente desse jeito: usa as pessoas e as descarta quando não têm mais valor, o que a deixa pensativa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário