Páginas

Pesquisar este blog

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Criança é atropelada por motocicleta ao atravessar faixa de pedestres em Presidente Prudente
Acidente de trânsito ocorreu na tarde desta terça-feira (13), na Rua Alvino Gomes Teixeira, no Parque Furquim. Garoto foi socorrido com suspeita de fratura em uma das pernas.
Por Rodrigo Moraes, G1 Presidente Prudente
Image may contain: one or more people and outdoor
Foto: Reprodução/TV Fronteira
Uma criança de oito anos foi atropelada por uma motocicleta, na tarde desta terça-feira (13), na Rua Alvino Gomes Teixeira, na altura do número 2.430, no Parque Furquim, em Presidente Prudente.
Segundo a Polícia Militar, uma motocicleta atingiu um menino que, aparentemente, fraturou uma das pernas, quando o garoto atravessava a faixa de pedestres, acompanhado da mãe.
O acidente ocorreu por volta das 15h.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, quando a equipe de socorristas chegou ao local, a criança estava consciente, mas apresentava uma hemorragia na região da boca e logo foi conduzida ao Hospital Regional (HR) para receber cuidados médicos.
Ainda segundo os bombeiros, o homem de 34 anos que conduzia a motocicleta sofreu escoriações pelo corpo em razão da queda do veículo após o atropelamento, mas não precisou ser hospitalizado.
A perícia da Polícia Científica foi acionada para comparecer ao local e apurar as causas do acidente.
De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, a mãe do garoto contou que estavam atravessando a rua pela faixa de pedestres quando surgiu a motocicleta "em alta velocidade" e atingiu a vítima, que caiu no chão e sofreu ferimentos pelo corpo.
A mãe ainda salientou que estava de mãos dadas com o filho, mas que a criança seguia "um pouco à frente", quando houve o atropelamento.
O HR informou que o paciente foi prontamente atendido pela equipe médica e multiprofissional, após dar entrada no Pronto-socorro da unidade.
“Neste momento, ele permanece em observação e seu estado de saúde é considerado estável", pontuou o hospital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário