Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de agosto de 2019


Esta técnica inusitada promete ajudar a parar de roer unhas
© Fornecido por Rocky Mountain Editorial Ltda.
Hora da confissão: minhas mãos são terríveis. Apesar de ter deixado meus 20 anos quase sem hábitos ruins, parar de roer unhas nunca foi uma conquista. Além de ficar o tempo todo com os dedos enfiados na boca, o que não é nada atraente, a mania não traz qualquer benefício.
Anos e anos de roídas deixaram as minhas unhas tão frágeis que elas se despedaçam como camadas de massa folhada. E quando seu dentista consegue dizer que você é uma roedora de unhas simplesmente olhando para os seus caninos, você sabe que a situação está feia.
Não é como se eu nunca tivesse tentado. Cheguei a experimentar o esmalte com sabor horrível, pintei-as com o vermelho mais chamativo que existe, até mesmo as enrolei em curativos para me impedir de chegar até elas. Mas, além do gosto amargo na boca, nenhuma providência funcionou para transformar meus tocos em garras.
Então, quando li que hipnoterapia poderia ajudar, eu fui toda ouvidos. Nos últimos anos, ela ganhou inúmeros pesquisadores sobre o tema e se transformou numa opção viável para ansiedade e desordens relacionadas ao estresse.
Estudos sugerem que a hipnoterapia pode auxiliar no tratamento de insônia, dor crônica e até mesmo problemas digestivos. Uma pesquisa publicada no internacional The Lancet Gastroenterology & Hepatology descobriu que três meses de hipnoterapia bastaram para acalmar os sintomas de pacientes com síndrome do intestino irritável por até nove meses após o tratamento.

Como foi a hipnoterapia para parar de roer unhas

Eu meio que esperava um relógio de bolso em movimento de vai e vem e uma voz avisando que eu ficaria com muito, muito sono. Mas a hipnoterapia é, na verdade, uma forma de terapia falada, e eu fiz muito disso na minha primeira sessão com a hipnoterapista Malminder Gill.
Entendi meus gatilhos (que vão desde um dia estressante até assistir a uma maratona da Netflix com as mãos desocupadas) para entrar na minha saúde mental e emocional. Eu sou uma perfeccionista de carteirinha, com histórico de ansiedade e ataques de pânico, e Malminder sugere que meu hábito poderia ser uma manifestação física da minha ansiedade – um mecanismo possivelmente ativado por um momento de medo na minha infância. Foi uma associação que eu nunca havia feito antes, mas teve sentido.

A hipnoterapia na prática

Depois é a hora da verdadeira hipnose. Eu sou cética por natureza, então realmente não imaginava que funcionaria, mas, de qualquer forma, estava determinada a fazer acontecer.
Deitei em uma cama, e Malminder começou a falar em uma voz calminha. Ela me fez visualizar meus padrões como roedora de unhas, seguido de um novo padrão para substituir o antigo. Enquanto ela enchia minha mente com essas sugestões positivas, descrevendo minhas unhas crescidas e lisinhas, eu me rendi às suas palavras – queria que desse certo.
Após a consulta, tive como tarefa de casa uma meditação diária, visualização e exercícios de respiração. A teoria diz que melhorando minha atenção, assim como reduzindo os sintomas de ansiedade, eu poderia diminuir meus gatilhos.
Cerca de 45 minutos depois, percebi que meu mindinho esquerdo estava descansando na minha boca enquanto eu aguardava pelo metrô. Esse início diminuiu minhas expectativas, mas persisti com a minha rotina matinal de meditação.

Então, foi assim que me saí na missão de parar de roer unhas

Ninguém ficou mais surpreso do que eu quando, três semanas depois, pontinhas apareceram nas minhas unhas. Eu certamente não me senti nada diferente e não percebi nenhuma alteração nos meus níveis de ansiedade, mas a meditação em áudio de Malminder é um lembrete diário do meu objetivo. Sinto-me muito mais atenta às minhas unhas, então, quando as encontro entre meus dentes, me forço a parar.
Se esse aumento de atenção foi devido à hipnose ou ao fato de eu ter ido buscar ajuda (“são ambas as coisas”, diz Malminder) não importa para mim. Eu só sei que funcionou. Três meses depois, minhas unhas estão compridas e saudáveis – tanto que precisam ser cortadas com frequência. E, num casamento recente, um estranho comentou que minhas mãos eram muito elegantes (elegantes!). Ao que tudo indica, estou arrasando!
Women's Health
fonte:msn


Giovanna Ewbank compartilha foto de lingerie e esbanja sensualidade

Giovanna Ewbank esbanja sensualidade em clique íntimo


Giovanna Ewbank deixou seus fãs suspirando nesta quinta-feira (15).
Usando apenas uma lingerie rendada, a loira compartilhou uma foto repleta de sensualidade em seu perfil no Instagram. 
Em poucos minutos, a publicação fez um enorme sucesso e recebeu diversos elogios.
"Como não se apaixonar?", disse um leitor; "Sexy demais", completou outro; "Maravilhosa mesmo", destacou um terceiro.
Não é pra poucos! 
A FAMÍLIA CRESCEU
Giovnna Ewbank celebrou o Dia dos Pais com uma foto inédita de Bruno Gagliasso ao lado dos dois filhos do casal, Títi e Bless, no último domingo (11).
Em um longo texto ela homenageou seu pai, Roberto Baldacconi, e o maridão.
"Caí nesse mundo logo na vida dos dois homens mais incríveis, honestos, generosos e bem humorados desse mundo. Meu pai é meu norte, meu porto seguro, minha maior referência. Sempre foi o cara que esteve ao meu lado, a pessoa que me pega pela mão e diz “vai ficar tudo bem” e que me impulsionava nos momentos em que duvidava da minha própria capacidade. Diz a teoria que buscamos no amor aquilo que temos como referência em casa. E eu acredito muito nisso", começou a loira.
Logo em seguida, ela afirmou que "os caminhos da vida a levaram a conhecer outro homem fantástico".
"Hoje ele é pai dos meus filhos, me orgulhando a cada dia, e me dando a certeza de que ele é o melhor pai do mundo para os meus filhos, assim como meu pai é pra mim! E quando vejo meu pai e meu marido juntos, curtindo a vida e até zoando com a minha cara (é, até nisso eles são iguais) dá um calor gostoso no coração", prosseguiu.
Além disso, Giovanna aproveitou para dar um conselho aos fãs.
"Beije, abrace, ame muito aquele cara que vira o mundo de ponta cabeça pra te fazer feliz. Feliz dia dos Pais, meus amores! ", finalizou. 
Conteúdo/fonte:Revista Ana Maria

Você já viu as nossas ofertas do mês de Agosto?!
Ainda não pegou o nosso jornal?
Veja aqui algumas delas!
Esperamos por você!
São muitas opções para você, será um prazer atende-lo.
Da construção à decoração, vem pro Depósito Presidente!
Venha nos fazer uma visita!
.📲 99758-1148
 3271-1148

Nenhuma descrição de foto disponível.

'A Dona do Pedaço': Agno e Otávio se vingam de Fabiana e causam reviravolta na trama

Agno e Otávio vão se vingar de Fabiana em 'A Dona do Pedaço'

Fabiana em 'A Dona do Pedaço'
Instagram

Fabiana (Nathalia Dill) conseguiu se tornar uma das sócias da construtora, e agora o clima entre ela e Agno (Malvino Salvador) está cada vez mais pesado dentro da empresa.
Desta vez, a ex-noviça vai reunir Otávio (José de Abreu) e Agno para uma reunião, mas o encontro vai resultar em uma grande discussão sobre o passado.
Fabiana vai revelar que Agno tem usado dinheiro da construtora de maneira indevida, e o pai de Vivi (Paolla Oliveira), ficará indignado..
"Está me dizendo que o Agno gastou fortunas para patrocinar um boxeador?", dirá.
O pai de Cássia (Mel Maia) vai se defender dizendo que a ex-freira está com ciúme, pois Rock (Caio Castro) está cada vez mais apegado a ele.
Neste instante, Fabiana colocará na mesa todos os gastos particulares que Agno fez com o dinheiro da empreiteira. Ao tentar se justificar, Otávio dirá que o sócio precisará repor tudo o que roubou.
"Foi só... porque era mais fácil. Nem eram quantias tão grandes. E você? Gasta com aquela piriguete que botou num apartamento. Está aqui, as contas do flat", rebaterá. Ele ainda vai acrescentar que Fabiana só está na sociedade por conta de um golpe dela.
Neste momento, a irmã de Vivi (Paolla Oliveira) vai tentar se defender.
"Seu sócio, o Agno, tentou dar um golpe em você. Mas eu entrei no meio. Agora vocês dois têm que me engolir", dirá.
Mas Otávio será firme.
"Não vamos não. Vamos botar você para fora daqui."
Será que eles vão se livrar de Fabiana?
Conteúdo/fonte:Revista Ana Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário