Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Juliana Paes chorou muito ao saber como seria o flagra e a prisão de Maria da Paz
Globo/João Miguel Júnior© Globo/João Miguel Júnior Globo/João Miguel Júnior
flagra de Maria da Paz (Juliana Paes) em "A Dona do Pedaço" será muito significativo para a trama. A cena representará a virada na história, quando a protagonista perderá tudo o que tem e o que acredita.
Para Juliana Paes, não foi nada fácil a gravação da sequência. A atriz ficou extremamente sensibilizada, enquanto Reynaldo Gianecchini ressaltou a importância da cena para o crescimento de seu personagem.

Bastidores da gravação da prisão de Maria da Paz

Globo/João Miguel Júnior© Globo/João Miguel Júnior Globo/João Miguel Júnior
Os próximos capítulos da novela reservarão os piores momentos da vida da protagonista. Maria da Paz acordará no meio da noite, desconfiada ao ouvir um barulho.
Com a arma em punho, ela sairá andando pela mansão até chegar ao corredor do quarto de Josiane (Agatha Moreira) e ouvir a voz de seu marido, Régis (Reynaldo Gianecchini), chamando por sua filha.
A descoberta do casal de amantes na cama deixará a personagem transtornada, que confrontará os dois e acabará atirando no playboy. Para a gravação da cena, Juliana Paes conta o quão sensibilizada ficou com a sequência.
Globo/João Miguel Júnior© Globo/João Miguel Júnior Globo/João Miguel Júnior
“Maria da Paz estava estranha e sensível nos capítulos anteriores. Quando recebi esse bloco, chorei igual criança, como há muito tempo não chorava lendo. Eu não sou de chorar quando leio", revelou a atriz. "A temática da maternidade, dessa relação mãe e filho, me toca muito", desabafou Juliana Paes, que é mãe de dois filhos, Pedro, de 8 anos, e Antônio, de 6.
A atriz ainda confessou seu sentimento diante a ação de Maria da Paz, que acabará atirando no próprio marido.
Globo/João Miguel Júnior© Globo/João Miguel Júnior Globo/João Miguel Júnior
"Nunca imaginei que teria uma arma, um crime passional envolvido. No meu entendimento, já desconfiava que ela daria um flagra, mas não imaginava que estaria armada, que isso ia despertar nela atitudes e sentimentos que ela rechaçou a vida inteira: a herança de Rio Vermelho, que acabou com sua vida”, finalizou.
Já a reação de Agatha Moreira foi totalmente contrária. Apesar de ser contra as atitudes de sua personagem, a atriz confessou amar a experiência de fazer uma "loba em pele de cordeiro".
"Fiquei bem animada quando li a cena. Adorei a sequência e a forma como os acontecimentos foram construídos, o que tornou a cena verossímil. É muita energia, adrenalina, concentração. Dá uma sensação maravilhosa de entrega", afirmou, sobre a gravação.
Globo/Victor Pollak© Globo/Victor Pollak Globo/Victor Pollak
Para Reynaldo Gianecchini, a cena foi importante para a construção de uma nova fase de seu personagem. "É bem no momento que Régis confessa estar apaixonado pela Maria da Paz. É o momento da virada dele. Ele não quer mais ser esse canalha e nem continuar o que era antes", começou.
"O tiro foi a última gota que faltava pra explodir dentro dele essa transformação", finalizou, refletindo sobre o significado da ação de Maria da Paz.
A cena do flagra irá ao ar a partir deste sábado (17).
Vix
fonte:msn

Nenhum comentário:

Postar um comentário