Páginas

Pesquisar este blog

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Quem paga a multa? Cruzeiro e Fortaleza têm versões diferentes sobre rescisão de Rogério Ceni
Clube mineiro afirma que não acordou pagamento da multa rescisória, enquanto o Leão do Pici afirma que dinheiro virá da Raposa
Por Gabriel Duarte — de Belo Horizonte
Image may contain: 1 person, playing a sport, standing and outdoor
Foto: JL Rosa/SVM
A saída de Rogério Ceni, do Fortaleza, ocorreu por meio do pagamento de uma multa, prevista no contrato do treinador com o clube cearense. Cruzeiro e Fortaleza têm, entretanto, versões diferentes de quem será o responsável por pagar a multa rescisória.
Notícias do Cruzeiro
O valor da rescisão está em “pouco menos de R$ 1 milhão”, segundo apurou a reportagem. O GloboEsporte.com conversou com os presidentes de Fortaleza e Cruzeiro. Marcelo Paz, mandatário do Tricolor, informou a reportagem que, no momento do acordo, Rogério Ceni disse a ele que o Cruzeiro irá custear o valor.
- A nossa multa contratual e o nosso acordo é com o Rogério Ceni. Eu não intermediei nenhuma situação com o Cruzeiro. Mas o Rogério verbalizou para a gente que o Cruzeiro é quem vai pagar este valor – disse Marcelo Paz.
O presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, também foi procurado, mas apresentou uma versão diferente sobre o pagamento da multa rescisória. Segundo ele, a Raposa não irá pagar o valor.
- Ele acertou com o presidente do Fortaleza. O Cruzeiro não vai pagar multa nenhuma. O acerto já foi feito. Eu vi o que ele (presidente do Fortaleza) falou, mas não é bem isso. Fizemos o acerto direto com o Rogério, e ele iria acertar direto com o Fortaleza – informou Wagner Pires de Sá.
O contrato com o Cruzeiro
O Cruzeiro oficializou a contratação de Rogério Ceni na manhã deste domingo. O treinador assinou contrato até o final de 2020. Ele traz os auxiliares técnicos Charles Hembert e Nilson Simões, além do preparador físico Danilo Augusto.
Ceni chega no início da manhã desta terça-feira em Belo Horizonte e será apresentado durante o período da tarde. Ele já comanda a equipe na partida contra o Santos, domingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário