Páginas

Pesquisar este blog

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Revanche? Cheio de mudanças, Brasil cria pouco e perde para o Peru em Los Angeles
Neymar começa no banco e não consegue evitar revés por 1 a 0 para time de Gareca, rival da Seleção na final da Copa América. Tite sofre terceira derrota no comando da equipe
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas praticando esportes e atividades ao ar livre
(Foto: Kelvin Kuo-USA TODAY Sports)
Não é uma final de Copa América no Maracanã. Mas é o que o Peru tem para o momento. E vai levar para a eternidade. Após o vice no torneio continental, dois meses atrás, os peruanos impuseram a Tite sua terceira derrota na Seleção. Venceram por 1 a 0 nesta terça, madrugada de quarta no Brasil, em Los Angeles, nos Estados Unidos. A equipe brasileira, com quatro mudanças, não foi efetivo. Neymar só entrou na segunda etapa e não conseguiu evitar o que foi a quinta vitória do Peru em 46 jogos na história contra os brasileiros.
A TERCEIRA DERROTA DE TITE
Tite fez sua 44ª partida no comando da seleção brasileira. Pela segunda vez, fica dois jogos sem vencer. A última havia sido na sequência de dois empates com Bolívia e Colômbia, pelas eliminatórias, em 2017. O treinador sofreu sua terceira derrota no comando da Seleção. Perdeu também para Argentina, em amistoso, e para a Bélgica, na Copa do Mundo.
ALEGRIA PERUANA
É bem verdade que era apenas um amistoso, não valia uma taça ou três pontos em uma competição. Mas os peruanos celebraram bem a vitória. A quinta do país em 46 confrontos na história contra o Brasil. A segunda em cinco confrontos nos últimos três anos. O Peru deixou de ser freguês.
O QUE VEM POR AÍ?
A seleção brasileira voltará a campo em outubro, ainda sem datas e adversários definidos. Serão os últimos compromissos da Seleção no ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário