Páginas

Pesquisar este blog

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e texto
A Dona do Pedaço: Jô e Régis vão virar “religiosos golpistas” 
Seguindo o ditado “pau que nasce torto, morre torto”, dupla volta a dar golpes

TV Globo/Divulgação
TV GLOBO/DIVULGAÇÃO

MARCELO NOBRE


Se o autor Walcyr Carrasco não mudar de ideia até o fim de A Dona do Pedaço, Jô (Agatha Moreira) e Régis (Reynaldo Gianecchini) terminarão juntos, convertidos como “crentes” e aplicando golpes.
Essa é a informação que está circulando num meio bastante restrito nos bastidores da novela das 21h, e à qual Metrópoles teve acesso. Como se sabe, os últimos capítulos estão sendo guardados a sete chaves por Walcyr Carrasco, e apenas os atores cujos personagens vão participar diretamente das tramas estão recebendo os blocos com os acontecimentos decisivos da novela.
Religiosidade de fachada
Presa, Jô ganha uma Bíblia de Maria da Paz (Juliana Paes) e a usa para obter vantagens durante o cumprimento de sua pena. Afinal, ela se dá conta de que, ao se passar por “crente” na penitenciária, passa a gozar de certas regalias, como não ser importunada por facções criminosas, ser liberada da faxina e ter acesso a alguns outros lugares do complexo.
Numa visita de Régis, Jô o convence a ir ao culto de um pastor que costuma ir à penitenciária e ele se sente tocado pelas palavras de fé ditas pelo homem, aparentemente convertendo-se também. No entanto, o tempo passa, a filha de Maria da Paz ganha novamente a liberdade, reencontra o playboy e todos verão que “pau que nasce torto, morre torto”.

Incapazes de se manterem na linha da honestidade, já que isso contraria a própria natureza deles, Jô e Régis veem no ato de professar a fé uma ótima oportunidade de ganhar dinheiro. Assim, a dupla volta a armar golpes e passa a ganhar dinheiro explorando pessoas inocentes. Afinal, eles se julgam mais espertos de que todos os outros.


Bom Sucesso: Paixão de Alberto por Paloma é descoberta por Marcos 
Empresário beija Vera e diz o nome da costureira, deixando a mulher atônita
Divulgação
DIVULGAÇÃO


MARCELO NOBRE


Nos próximos capítulos de Bom Sucesso, um fato vai causar reviravolta na história e deixar Marcos (Romulo Estrela) atônito. O rapaz vai descobrir que seu pai, Alberto (Antonio Fagundes), é apaixonado por Paloma (Grazi Massafera), justamente sua namorada. No entanto, o rapaz vai lutar contra essa ideia e procurar minimizar a história.
O desenrolar desse fato acontece quando Alberto e Vera (Angela Vieira) se deixam levar por um clima de romantismo e acabam se beijando. O detalhe é que o empresário, ao sair do beijo, chama a mulher de “Paloma”, o que a deixa indignada. Em seguida, a funcionária da Prado Monteiro vai até Marcos e pergunta a ele como o pai reagiu quando soube que estava namorando a costureira.
Surpresa e choque
Marcos não entende a pergunta, mas comenta que Alberto reagiu bem. Então, questiona Vera, querendo saber o que ela quer dizer. Nesse momento, a mulher comenta que tem andado bastante próxima do pai dele e faz uma confissão. “Nós nos beijamos. Mas o Alberto me chamou de Paloma”, diz a funcionária da Prado Monteiro.
Marcos não esconde o choque com a revelação, mas prefere acreditar que isso se deve à proximidade e à amizade que há entre seu pai e sua namorada. Algo surgido na troca de exames que dava a entender que Paloma teria pouco tempo de vida. Depois, Vera revela que Alberto lhe deu flores como forma de desculpa, e o rapaz se sente aliviado, afirmando que a mulher está dando importância excessiva a uma coisa boba. Afinal, trocar nomes é algo comum. No entanto, Marcos fica com uma pulga atrás da orelha.

A sequência está prevista para ir ao ar a partir do dia 23 de novembro.


'A Dona do Pedaço': Régis se recusa a ir em casamento gay ao virar evangélico
Slide 1 de 8: Régis (Renaldo Gianecchini) vai virar evangélico na novela 'A Dona do Pedaço'
TV Globo

Régis (Reynaldo Gianecchini) tomará um rumo completamente diferente nos últimos capítulos da novela "A Dona do Pedaço". Com o último capítulo previsto para ir ao ar no dia 22 de novembro, alguns personagens já estão tendo os finais revelados. O de Régis é surpreendente. O garanhão que tentou dar um golpe em Maria da Paz (Juliana Paes) desde o início da trama, vai virar evangélico depois de sofrer algumas derrotas na vida. As informações são da colunista Patrícia Kogut.

Após ser presa, Josiane vira evangélica

A ideia de virar evangélico partirá de Josiane (Agatha Moreira). Depois de ser presa, a vilã será agredida na cadeia e perderá até um dente. Lá dentro, ela conhece uma prisioneira que a mostrará o caminho do perdão por meio da religião evangélica. A conversão dará certo para a psicopata e ela até vai pedir para Maria da Paz perdoá-la. Durante uma visita do ex-namorado na cadeia, ela explicará para ele como tudo aconteceu e como se sente bem agora.

Josiane indica igreja para Régis frequentar

"O pastor que vem aqui faz cultos lá fora também, ele me disse onde é, se tiver interesse...", inicia o conselho. "Estranho, não é? Eu sempre me senti perdido, mergulhado na escuridão. Agora você, justamente você, está me dando uma luz", comenta Régis, sem saber o que fazer de sua vida. Régis aceitará a indicação de Josiane e vai até a igreja que ela falou. Durante o culto, ele vai ficar muito tocado com as palavras do pastor, que vai conversar com o ex-ricaço. "A fé é o caminho. Deixe a fé entrar dentro de você", aconselho o pastor. "Mas eu não sei", hesita.

Régis se converte e vira evangélico

Ali mesmo, o pastor iniciará a conversão de Régis. "Somente diga comigo. Jesus, venha até mim", fala ele. "Jesus, venha até mim", repete Régis. "Mais forte. Sinta a presença dele", indica o pastor. "Jesus... Jesus venha até mim. Jesus venha até mim", pede Régis, gritando. Nesse momento, os fiéis vão aplaudir a atitude do bon vivant, que serpa abraçado pelo pastor. Já inciado na religião, ele contará a novidade para Gladys (Nathalia Timberg) e Lyris (Deborah Evelyn).

Régis se recusa a ir no casamento de Agno e Leandro

No último capítulo da novela, Agno (Malvino Salvador) e Leandro (Guilherme Leicam) vão se casar sob o apoio de Cássia (Mel Maia). No entanto, Régis vai preferir não comprar à cerimônia do ex-cunhado e sua mãe tentará justificar o motivo da recusa. "O Régis se converteu e é sério. Não que seja contra você, Agno, mas preferiu não comparecer", anuncia ela. "O Régis ficou radical", alfineta Lyris. "Não me sinto ofendido. Se essa conversão fez bem para o Régis, sou o primeiro a aplaudir", comemora Agno. " Só não entendo por que tanta gente se preocupa com quem o outro está dormindo. A minha filha, por exemplo, demorou para aceitar que sou gay", acrescenta ele, fazendo uma crítica à homofobia.
(Por Pyetra Santos)
Purepeople
fonte:msn

Farmais

Nenhum comentário:

Postar um comentário