Páginas

Pesquisar este blog

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Governo do Chile garante que final será em Santiago


A ministra de Esportes do Chile, Cecilia Pérez, afirmou na tarde desta quarta-feira (30) que a final da Libertadores entre Flamengo e River Plate, marcada para o dia 23 de novembro em Santiago, às 17h30 (de Brasília), um sábado, será mantida para ocorrer no Estádio Nacional.
"Vamos trabalhar com o Ministério do Interior para levar adiante este evento. Eu tenho o compromisso do presidente (do Chile, Sebastian Piñera) de que o jogo será realizado", afirmou Cecilia, em entrevista coletiva.
Piñera enfrenta uma série de manifestações que começaram como uma reação ao aumento da tarifa no metrô e ampliaram suas reivindicações e tem origem na reforma da previdência social chilena. Nesta quarta-feira, uma nova marcha parou o centro de Santiago. Desta vez, o foco principal foi o preço dos pedágios na região metropolitana. Antes do anúncio feito pela ministra chilena, a Conmebol já havia assegurado na última terça-feira (29) que não havia planos para mudar o palco da final da Libertadores. 
A convulsão social do Chile já provocou 20 mortes durante os protestos contra o governo de Piñera, iniciados no último dia 18 de outubro, mas a Conmebol confia que a decisão do dia 23 de novembro será realizada com sucesso e sem incidentes de violência no estádio com capacidade para 49 mil torcedores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário