Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

Deixou a chapinha e assumiu o cabelo natural? Veja esse dossiê do cabelo crespo

Veja as medidas mais importantes para deixar seu cacheado perfeito!

É possível seguir algumas medidas para amenizar a queda dos fios
Foto:Banco de Imagem/Shutterstock

C
abelo crespo e natural, sim! A principal característica do cabelo crespo é o formato dos fios, que pode ser espiral, apertado ou em formato de Z. 
“Esse tipo de cabelo é mais fino e frágil, além de ganhar volume com facilidade. Por isso ele tem mais frizz do que as madeixas cacheadas e lisas”, explica a hairstylist Nata Cunha.
Além disso, o fio crespo costuma ser mais seco, pois sua forma não permite que a oleosidade natural do couro cabeludo atinja todo o comprimento e as pontas.
A LAVAGEM IDEAL
Lave até três vezes na semana e com água morna (mais para fria), pois isso ajuda a selar as cutículas dos fios, deixando-os brilhantes e sem aquele aspecto arrepiado. “O xampu deve ser aplicado principalmente na raiz, porque é lá que fica o maior acúmulo de gordura, suor e resquício de finalizadores. O indicado é o uso de produtos livres de sulfatos, petrolatos e parabenos (está escrito na embalagem) para que não haja ressecamento exagerado”, aconselha Celi Zonta, especialista em cabelos naturais.
AS TÉCNICAS
Você já deve ter ouvido falar nas técnicas Low Poo (pouco xampu/espuma) e No Poo (sem xampu/espuma). Segundo as especialistas, alguns xampus e condicionadores contêm substâncias, como parabenos, sulfatos e derivados do petróleo, que tendem a deixar o cabelo bonito – mas, no fundo, maltratado. Para melhorar a saúde dos fios, surgiram esses métodos e os produtos específicos, livres das tais substâncias. A linha Low Poo permite lavar a cabeça usando xampu e condicionador. Já a No Poo envolve apenas o uso de condicionador. Não se assuste: como o creme é próprio para a técnica, o cabelo não ficará sujo, oleoso e nem malcheiroso!
NUTRIÇÃO: NÃO FIQUE SEM!
De acordo com Celi, o melhor tratamento para cabelos crespos é a nutrição, pois, além de hidratar, também faz a reposição de óleos, lubrificando a cutícula e, consequentemente, devolvendo brilho e maciez ao fio. Mas não se esqueça da hidratação! “Devido ao formato do fio, a oleosidade natural não consegue atingir todo o comprimento do cabelo e mantê-lo hidratado. Além disso, a técnica permite que os cachos fiquem mais definidos”, diz Nata. Seu cabelo está ressecado? Faça hidratação e nutrição uma vez por semana, em um estabelecimento de sua confiança ou em casa com produtos próprios.
QUANDO FOR PENTEAR...
... Use os dedos ou uma escova com cerdas macias. É importante que o cabelo esteja sempre molhado, pois quando está seco perde o formato e cria volume e frizz. Para ajudar, utilize um pouco de creme para pentear. Mas coloque bem pouquinho para não dar aspecto pesado e oleoso aos fios, viu?
FINALIZAÇÃO
Segundo a hairstylist Bruna Nunes, do Jacques Janine (Unidade Jardins), o ideal é deixar secar naturalmente e evitar usar toalha, que cria atrito nos cachos – prefira papel-toalha. Além disso, a finalização deve ser feita com pouco produto, sempre dividindo os fios e aplicando do comprimento até as pontas, com o cabelo molhado para facilitar a aplicação. “Os cortes que mais valorizam o crespo são aqueles em camadas e feitos com o cabelo seco. A mulher pode preferir dar mais volume ou mais movimento”, finaliza Daniela Lisboa, hairstylist especialista em afros.
Júlia Arbex
Conteúdo/fonte:Revista Ana Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário