Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 15 de fevereiro de 2020

Corpo de travesti é encontrado acorrentado em cachoeira no interior do Ceará
Monike Matias Chagas, de 25 anos, estava parcialmente submersa e presa ao medidor de cachoeira em Missão Velha, segundo a polícia.
Por G1 CE
A imagem pode conter: 1 pessoa
A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre
Foto: Arquivo pessoal
O corpo de uma travesti foi encontrado amarrado com correntes na manhã desta sexta-feira (14) em uma cachoeira de Missão Velha, município do interior do Ceará. Monike Matias Chagas, de 25 anos, nome pelo qual se apresentava, estava parcialmente submersa e presa por uma corda ao medidor de nível da cachoeira, segundo a polícia.
O delegado de Missão Velha Ronaldo Leite afirma que o corpo de Monike estava preso às correntes com um cadeado na altura da cintura. Além disso, um recipiente com óleo estava próximo ao local.
A princípio, não foi possível identificar a vítima, até que familiares procuraram a Delegacia de Juazeiro do Norte, cidade vizinha, e reconheceram por fotos. Conforme Leite, parentes serão convocados posteriormente para prestar depoimento.
A Perícia Forense esteve no local.
O corpo de Monike Matias Chagas foi encontrado um dia antes de a morte da travesti Dandara dos Santos completar três anos. Dandara foi agredida com socos, chutes e pauladas e assassinada a tiros em Fortaleza.
O caso mobilizou a comunidade LGBT no Ceará, que luta contra o preconceito e a violência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário