Páginas

Pesquisar este blog

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Em 3 meses, patrulhamento da Rota na região de Presidente Prudente realiza mais de 280 abordagensNo Oeste Paulista desde novembro, tropa registrou prisões por tráfico de drogas e captura de procurado pelo crime de roubo.
Por Stephanie Fonseca, G1 Presidente Prudente
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Foto: João Lucas Martins/G1
Equipes das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) prestam apoio às demais tropas da Polícia Militar do Estado de São Paulo há cerca de três meses na região de Presidente Prudente. Conforme informações prestadas ao G1, neste período, o 1º Batalhão de Polícia de Choque abordou 283 pessoas no Oeste Paulista.
A tropa da Rota chegou ao Oeste Paulista em 1º de novembro de 2019 e realiza o patrulhamento na cidade de Presidente Prudente e no entorno, bem como nos municípios de Caiuá, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio e Presidente Venceslau.
Durante o período, os militares também prenderam quatro pessoas em flagrante e apreenderam um adolescente por tráfico de drogas. Houve ainda um procurado da Justiça pelo crime de roubo recapturado, conforme informou a Polícia Militar ao G1.
As ocorrências foram em Presidente Prudente.
O 1º Batalhão de Polícia de Choque, que responde pelas Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, é uma tropa reserva do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo e é subordinado diretamente ao Comandante do Comando de Policiamento de Choque.
Como tropa reserva do Comandante Geral, tem a incumbência de fazer Operações de Patrulhamento Inteligente em áreas previamente identificadas, colaborando com o policiamento de área.
Além disso, faz a Operação Saturação por Tropas Especiais, escoltas por ocasião de visitas presidenciais (presidente e vice-presidente da República), escolta de menores infratores, escolta de valores, escolta de presos de alta periculosidade, Operação de Controle de Multidões e outras missões demandadas, que exijam a participação da Rota.
“Sendo assim, a presença da Rota em Presidente Prudente é a preservação da ordem pública e apoio ao policiamento territorial”, declarou a PM ao G1.
Não foi divulgado por quanto tempo a tropa de choque permanecerá na região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário