Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020


Salve-se Quem Puder: Alexia se encontra com Renzo e se apavora 
Ao atravessar uma rua de São Paulo, atriz se depara com o sobrinho de Dominique
Reprodução/TV Globo
REPRODUÇÃO/TV GLOBO

MARCELO NOBRE

Nos próximos capítulos de Salve-se Quem Puder, fortes emoções vão deixar Alexia/Josimara (Deborah Secco) em desespero. Isso porque a moça, dada como morta, vai ficar cara a cara com Renzo (Rafael Cardoso), o homem quem teve um breve romance em Cancún, no México, e que foi incumbido de matá-la.

Tudo acontece quando Alexia/Josimara está sendo levada por Zezinho (João Baldasserini) para a empresa de Rafael (Bruno Ferrari), a Labrador, para a qual a atriz foi contratada. A certa altura, quando estão atravessando uma rua, ela se depara com ninguém menos que Renzo, que está distraído dentro de um carro parado no sinal de trânsito.

É o bastante para Alexia/Josimara entrar em pânico. Atônita com a possibilidade de ser vista pelo homem que tentou matá-la, a moça começa a falar para Zezinho: “É ele! É ele!”. O matuto deduz logo que seja o criminoso e, quando Renzo vai olhar para ela, a atriz finge desmaiar.

Zezinho trata de acudi-la em seus braços e Renzo sai do carro para ajudar a socorrer a artista, que esconde o rosto colocando-o contra o peito do filho de Ermelinda (Grace Gianoukas). O sobrinho da malvada Dominique (Guilhermina Guinle) se oferece para levá-los a um hospital próximo em seu automóvel, mas o sujeito diz que não há necessidade. Nesse momento, um guarda aparece, afirma que ela precisa ir a um centro médico ser examinada e os empurra para dentro do carro do facínora, para desespero de Alexia/Josimara.

As cenas estão previstas para serem exibidas a partir de segunda-feira (17/02/2020).
MT: Sogro é suspeito de matar empresário árabe e decepar a mão dele
Faisal Ibrahim Adbulrahman Younes teve a mão decepada pelo sogro© Reprodução/ Facebook Faisal Ibrahim Adbulrahman Younes teve a mão decepada pelo sogro
O empresário Faisal Ibrahim Adbulrahman Younes, de 49 anos, morreu após ter a mão decepada pelo sogro em Matupá, no Mato Grosso. O suspeito de 59 anos teria atacado o genro, após Younes agredir a própria mulher. As informações são do jornal local O Livre.
Segundo o depoimento da mulher de Younes, ela e o marido tiveram uma briga. Após a discussão, ela foi para a casa dos pais, deixando o filho do casal com o marido. No entanto, na madrugada de quarta-feira (12), eles se reencontraram para levar a criança ao hospital e Younes voltou a agredi-la.
A mulher resolveu sair do carro onde estava com o marido e ligou para o pai ir buscá-la. Ao chegar na casa do casal, Younes teria voltado a agredir a mulher e o pai dela interveio na briga. Eles se agrediram e, no meio da briga, o sogro pegou um facão e decepou a mão do genro.
De acordo com a Polícia Militar, a corporação foi acionada para atender uma ocorrência de atropelamento. No entanto, ao chegar no local e encontrar Younes na rua, os policiais trataram o caso como tentativa de homicídio com arma branca. A vítima foi socorrida para o Hospital Municipal, ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos.
À polícia, testemunhas relataram que o suspeito era sogro da vítima e tinha fugido em uma caminhonete. O suspeito ainda não foi encontrado. A Polícia Judiciária Civil investiga o caso.
IstoÉ
fonte:msn

Nenhum comentário:

Postar um comentário