Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

R$ 1,2 milhão para recursos hídricos
Caiuá, Indiana, Nantes e Sandovalina foram contempladas com valores do Fehidro, que visa melhorias do sistema de abastecimento de água à criação de programas de preservação
A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área interna
O governo do Estado de São Paulo liberará, hoje, cerca de R$ 1,2 milhão para melhorias do sistema de abastecimento de água e criação de programas de preservação dos recursos hídricos de sete municípios do oeste paulista. Na 10ª RA (Região Administrativa) foram contempladas Caiuá, Indiana, Nantes e Sandovalina. O recurso é do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), mantido pela Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente.
O deputado estadual Mauro Bragato (PSDB) ressalta que esse recurso é fundamental para as prefeituras desenvolverem programas e políticas públicas que possam proteger um dos maiores patrimônios da natureza: a água. “A nossa região tem uma agricultura muito forte, que contribui para o desenvolvimento econômico de muitas cidades”, explica.
O parlamentar afirma ainda que investir em saneamento, galerias pluviais, preservação e recuperação dos recursos hídricos é garantir ações sustentáveis que propiciam qualidade de vida para a população. “Estamos falando de ações que promovam a melhoria e a proteção dos corpos d'água e de suas bacias hidrográficas”.
MUNICÍPIOS CONTEMPLADOS
Caiuá: R$ 74.643,67 para execução de plano de combate de perdas de água no abastecimento público;
Cândido Mota: R$ 237.324,59 para implantação do projeto de combate às perdas de água, através da implantação de macromedidores de vazão, monitoramento via telemetria e a substituição dos hidrômetros do município;
Ibirarema: R$ 388.643,68 para execução de galerias de águas pluviais no município;
Indiana: R$ 66.318,14 para elaboração do plano de combate a perdas de água no abastecimento público do município;
Nantes: R$ 69.903,00 para plano diretor para controle de perdas no sistema de abastecimento de água;
Salto Grande: R$ 316.476,63 para execução de galerias de águas pluviais;
Sandovalina: R$ 110 mil para termo de referência para o plano diretor de controle de erosão rural do município.
O Imparcial de Presidente Prudente

Nenhum comentário:

Postar um comentário