Páginas

Pesquisar este blog

domingo, 28 de junho de 2020

Amora Mautner analisa preconceito com atores gays e negros



Amora Mautner
Amora Mautner bateu papo em live com Walcyr Carrasco (Imagem: Divulgação / Globo)
Juntos em uma live na última quinta-feira (25), Amora Mautner e Walcyr Carrasco deram dicas de livros e falaram sobre seus autores preferidos. Além disso, quando solicitada pelo autor, a diretora falou o que achava de atores negros na TV.
Tem milhões muito bons e temos que dar cada vez mais espaço para eles. Como diz meu pai, temos que abolir a segunda escravidão e acabar com o racismo estrutural“, disse a contratada da Globo.
Walcyr também quis saber se a colega achava que atores gays poderiam fazer papel de galãs nas tramas. “Se não pudesse não existiria o áudio visual. Isso é muito careta, uma cretinice astronômica”, opinou Mautner.
Outro assunto que foi falado na live foi a fama de “geniosa” da autora. “Lido com clareza em tudo. Temos que colocar para fora o que pensamos e depois resolver. Todos os problemas que tive com atores eu conversei e saímos zerados. Peço até desculpas aqui para alguém se criei algum problema”, afirmou a global.
Por falar nos trabalhos com atores, ela ainda disse: “A única coisa ruim de ator mirim é que às vezes eles crescem e não continuam com a gente. A Mel Maia é maravilhosa quero trabalhar com ela para sempre. Considero Bruno Gagliasso, Cauã Reymond, Natalia Dill e muitos outros como meus filhos”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário