Páginas

Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Noiva de Gabriel Diniz relata ameaças de stalker desde a morte do cantor.
Noiva de Gabriel Diniz relata ameaças de stalker desde a morte do cantor. Veja vídeo postado neste sábado, dia 28 de junho de 2020
divulgação, TV Globo

A morte de Gabriel Diniz completou um ano em maio deste ano, mas a noiva dele, Karoline Calheiros, ainda sofre com as consequências dela. Em seu perfil no Instagram, a jovem relatou ser alvo de um internauta que faz ameaças e a persegue, a stalkeando e intimidando amigos e familiares.
"Desde que Gabriel faleceu, tem uma pessoa que me odeia, não sei o que se passa na cabeça dele. Ele me perturba todos os dias, perturba meus amigos, diz que eu sou a culpada pela morte de Gabriel, estou até me tremendo de raiva aqui", iniciou a psicóloga.

Internauta criou fakes: 'Mais de 130'

Karoline revelou ainda que o internauta inventa mentiras sobre seu relacionamento com o forrozeiro, cuja partida fez Whindersson Nunes compôr a música "Girassol". "Ele cria histórias, de que sou brigada com a família de Gabriel, de que apaguei minha tatuagem...", afirmou a jovem, referindo-se ao desenho na pele feito por ela cerca de um mês depois da morte de Gabriel.
Segundo ela, o stalker criou centenas de contas falsas para não ser descoberto. "Ele já fez mais de 130 fakes", revelou a psicóloga, listando: "Já foi Jean, Raquel, Marta, Amanda, já foi até Thiago, que é um amigo meu, usou foto dele...". "Ele manda mensagem para meus amigos, é vidrado na minha vida", pontuou.

Karoline revela ter recebido ameaças de morte e mensagens pesadas

A noiva do artista - que deve ser homenageado pela família com um museu - também se posicionou sobre o motivo de ter falado abertamente sobre tais ataques. "Eu não devo satisfação da minha vida por ninguém, mas não tem nada disso. É uma pessoa perturbada, mal amada e que me ameaça de morte todos os dias", detalhou Karoline. A psicóloga indicou que até mesmo sua família foi alvo do internauta. "Ele já ligou para minha mãe, para minha clínica, já mandou mensagem muito pesadas para mim. Isso é todos os dias, desde que Gabriel faleceu", disse.

Jovem indica ter tomado as medidas legais

Por se tratar de um crime virtual, Karoline procurou ajuda de autoridades especializadas. "Já procurei a polícia e as coisas estão encaminhando para que ele pare te fazer isso. Eu não desejo isso para ninguém, porque é perturbador", lamentou a jovem. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário