Páginas

Pesquisar este blog

domingo, 16 de agosto de 2020

Globo muda até refeitório na retomada de Salve-se Quem Puder e Amor de Mãe

Globo reativou seu núcleo de dramaturgia na última segunda-feira (10). Os trabalhos de Amor de Mãe Salve-se Quem Puder foram retomados após quase cinco meses de paralisação, imposta pela pandemia de coronavírus. A volta, claro, exigiu diversos protocolos de segurança. Um deles, revelado pelo jornalista Leo Dias, envolve a alimentação dos colaboradores da empresa.
Conforme determinado pelo plano de contingência da covid-19 nos Estúdios Globo, as pessoas devem fazer suas refeições sozinhas; algumas, devido à disposição das mesas, de frente para paredes. Tal medida atende aos objetivos do canal de evitar a disseminação do vírus entre seus funcionários; as ações neste sentido foram elaboradas junto ao infectologista Alberto Chebabo.
Os protocolos de segurança incluem orientações como uso de dispositivos individuais para maquiagem e cabelo, redução da equipe no set de filmagem e limitação do número de figurantes. Cenas externas, como em praias, estão vetadas. Veteranos cujas presença não sejam fundamentais às narrativas serão poupados da jornada fora de casa, com cenas adaptadas para chamadas de vídeo ou similares.
A Globo também adotou um crachá que limita a circulação do colaborador nos ambientes da emissora, impedido a presença do profissional em espaços que não competem à produção em questão. E adaptou funcionários para as atividades como a da câmera escudo – uma proteção de acrílico que impede o contato direto de quem está captando a imagem com quem encontra-se em cena.
Cabe lembrar que a pandemia de coronavírus causou a suspensão das exibições de Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder; a inédita Nos Tempos do Imperador, das 18h, segue parada e sem previsão de estreia. Na volta, as duas tramas perderão capítulos: a primeira foi de 155 para 125; a segunda, de 155 para 107. As reestreias devem ocorrer apenas em 2021.
Confira:

Nenhum comentário:

Postar um comentário