Páginas

Pesquisar este blog

terça-feira, 29 de setembro de 2020

A incrível história de superação de Simone e Simaria

 


Estas duas grandes estrelas do Brasil tiveram uma infância de extrema pobreza. Em diversas entrevistas, Simone e Simaria revelaram as dificuldades que passaram com a família, primeiro em Uibaí, na Bahia, e depois em Juína, no Mato Grosso.

A situação econômica da família de Simone e Simaria era precária. O pai trabalhava como garimpeiro de diamantes e a mãe era lavadeira. No entanto, sempre incentivaram as filhas a participarem de concursos de talentos.

Na infância, as meninas participaram de vários shows de calouros e sempre ganhavam o primeiro ou o segundo lugar. Vestiam roupas costuradas pela vó.

Simone e Simaria também relembraram que, para brincar, usavam sacos de areia imaginando que eram bonecas. As irmãs também se divertiam com outras crianças correndo no cemitério.

Quando o pai da dupla morreu de um infarto, aos 44 anos, a família teve que enterrá-lo como indigente, por falta de dinheiro. Hoje Simone e Simaria lutam nas Justiça para encontrar o corpo dele, segundo revelaram numa entrevista à Rádio Dia.

Simone e Simaria contaram em uma entrevista ao site Extra que, quando eram pequenas, chegaram a comer farinha com açúcar para matar a fome. Depois da morte do pai, a mãe das meninas se mudou sozinha a São Paulo para tentar melhorar a vida da família. As crianças ficaram morando com parentes no Nordeste durante três anos.

Se hoje a dupla possui um avião privado que facilita o deslocamento para realizar os shows da agenda, no passado, andavam, com o irmão mais novo, no lombo de um jegue.

Foi com 14 anos que Simaria teve sua primeira oportunidade para dar um passo à fama. Conseguiu a vaga de backing vocal na banda do cantor Frank Aguiar. Logo depois a irmã, Simone, também entrou no grupo.

Simone e Simaria estiveram 7 anos fazendo shows diários com Frank Aguiar, enquanto cursavam o Ensino Médio. Simaria contou ao site Extra que ia à escola sem ter dormido, devido ao trabalho, e que teve muita dificuldade em concluir os estudos.

Depois da temporada com Frank Aguiar, a dupla tentou carreira durante três anos mas só começou a ficar famosa com a banda Forró do Muído, que estourou primeiro no Ceará.

Simaria se afastou dos palcos em 2018 devido a que foi diagnosticada com tuberculose ganglionar. Ensaiou uma volta a meados do mesmo ano, mas se sentiu mal outra vez durante um show.

Quando Simaria adoeceu, Simone assumiu a agenda de shows da dupla, mas confessou no Instagram que foi esgotador. Já na segunda recaída de saúde de Simaria, Simone não topou se apresentar outra vez sozinha.

Em parceria com a cantora Ludmila, Simone e Simaria lançaram, em janeiro de 2019, o single ‘Qualidade de Vida’, que provocou polêmica devido ao uso de um palavrão no refrão. A música alcançou 1,5 milhão de visualizações em 24 horas.

Quando passaram à frente dos palcos, Simone e Simaria ganhavam no máximo mil reais e ainda tinham que pagar aos músicos. Hoje o cachê das cantoras chega a R$ 400 mil e, se contarmos com as campanhas publicitárias, a dupla pode arrecadar até R$1 milhão. Mais que merecido para estas duas mulheres de garra.

Zeleb.es




Nenhum comentário:

Postar um comentário