Páginas

Pesquisar este blog

terça-feira, 8 de setembro de 2020

Discussão por ciúmes acaba em tentativa de feminicídio em Presidente Epitácio
Nenhuma descrição de foto disponível.
Foto: Polícia Militar

No mesmo dia, uma gestante de 8 meses foi vítima de violência doméstica no município; em ambos os casos os autores foram presos

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI / O Imparcial de Presidente Prudente
No domingo, a Polícia Militar registrou dois casos de crimes contra a mulher em Presidente Epitácio. Uma das vítimas chegou a ser esfaqueada pelo namorado. Em ambos os casos os autores foram presos em flagrante.
Segundo a corporação, a equipe foi acionada para atender a uma ocorrência de tentativa de feminicídio. Ao chegar ao endereço, foi informada de que a vítima já havia sido socorrida por uma unidade de resgate ao hospital da cidade.
Os policiais apuraram que a mulher e o namorado tiveram uma discussão por ciúmes. No decorrer da briga o homem pegou uma faca e tentou golpeá-la por diversas vezes, o que causou lesões no tórax.
Após o crime o indivíduo fugiu. Com base nas informações colhidas, os policiais iniciaram diligências e encontraram o autor escondido na própria casa. Ao perceber a presença dos militares, ele ainda tentou fugir, mas foi contido e preso.
A faca utilizada no crime foi apreendida e será periciada pela Polícia Civil.
Presa dentro do quarto
Ainda no domingo, os militares estiveram em outra ocorrência que vitimou uma mulher, desta vez, uma gestante de oito meses. De acordo com a Polícia Militar, ela estava sendo mantida presa pelo marido dentro do quarto da residência.
“O homem estava muito alterado e já tinha quebrado vários móveis da residência, sempre gritando que iria matar sua esposa e depois iria suicidar-se”, afirma a corporação.
Diante do fato, os policiais tentaram dialogar, contudo, o homem recusou-se a conversar. Em determinado momento, a vítima conseguiu sair do quarto e foi para fora da casa. Foi então que os policiais entraram na residência e imobilizaram o autor.
Segundo a polícia, a mulher foi levada ao pronto-socorro do município onde foi medicada e liberada. Já o homem foi conduzido ao plantão de Polícia Judiciária, sendo autuado por violência doméstica, lesão corporal, injúria e ameaça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário