Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 17 de outubro de 2020

 

Após pressão, em comum acordo, Robinho e Santos anunciam fim do contrato

Santos FC/Divulgação/Arquivo

Presidente Orlando Rollo ao lado de Robinho, no CT Rei Pelé, quando do anúncio da volta dele

O contrato entre Santos e Robinho para uma quarta passagem do atacante pelo clube, anunciado no último sábado (10), foi suspenso no começo da noite desta sexta-feira (16).

Praticamente ao mesmo tempo, clube e jogador comunicaram a decisão por meio de redes sociais.

"O Santos Futebol Clube e o atleta Robinho informam que, em comum acordo, resolveram suspender a validade do contrato firmado no último dia 10 de outubro para que o jogador possa se concentrar exclusivamente na sua defesa no processo que corre na Itália", diz a nota da agremiação.

Não há informações sobre tempo de suspensão do acordo ou em que circunstâncias ele poderia ser retomado.

O atleta foi condenado em primeira instância na Itália por violência sexual de grupo, em 2017, fato que trouxe enorme repercussão para o retorno do atleta à Vila Belmiro e levou ao menos quatro dos seus patrocinadores a exigirem a desistência do acerto com o jogador para manterem seus contratos. 

Traz a nota no site oficial do Santos: "O Santos Futebol Clube e o atleta Robinho informam que, em comum acordo, resolveram suspender a validade do contrato firmado no último dia 10 de outubro para que o jogador possa se concentrar exclusivamente na sua defesa no processo que corre na Itália."

Nenhum comentário:

Postar um comentário