Páginas

Pesquisar este blog

domingo, 4 de outubro de 2020

 

Corinthians empata e perde chance de se afastar da zona de rebaixamento

Com 14 pontos, o time dirigido por Coelho está na 13ª do Nacional, somente dois fora da zona de rebaixamento

por Folhapress


Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Coelho não consegue dar padrão de jogo ao Corinthians

Com mais uma atuação apática, o Corinthians empatou com o Red Bull Bragantino por 0 a 0, neste sábado (3), em Bragança, e desperdiçou oportunidade de se distanciar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Agora, com 14 pontos, o time dirigido por Coelho está na 13ª do Nacional, dois pontos à frente do próprio Bragantino, neste momento, o 17º colocado, o primeiro da parte vermelha da tabela.

Pressionado, na próxima rodada o time do Parque São Jorge ainda terá pela frente um clássico, contra o Santos, na quarta-feira (7), em Itaquera.

Mais do que o placar, é a atuação do Corinthians o que mais preocupa o torcedor do time alvinegro. Assim como nos últimos jogos, a equipe foi praticamente inoperante no ataque. No primeiro tempo, Cássio teve trabalho em algumas finalizações do Bragantino, enquanto Júlio César nem sequer foi acionado.

Além de ter menos posse de bola, quando tinha a chance de começar um jogada, o time corintiana mal conseguia construir uma jogada a partir da defesa, insistindo em trocas de passes entre os zagueiros, sem achar espaço para avançar.

Pressionado no cargo, Coelho também demorou para tentar mudar o jeito do Corinthians de jogar. Mesmo com a fraca atuação nos primeiros 45 minutos, o treinador não fez nenhuma mudança depois do intervalo e insistiu em jogadores como Gabriel, Cantillo e Luan, praticamente apagados em campo.

Enquanto isso, a exemplo da pressão que conseguiu fazer em boa parte do primeiro tempo, a equipe de Bragança voltou a rondar a área corintiana e criou, pelo menos, cinco chances claras de abrir o placar.

A primeira mudança alvinegra só ocorreu aos 20 minutos, quando Luan e Jô deixaram o campo e foram substituídos por Cazares e Boselli. Nenhuma das alterações, porém, mudaram o panorama do jogo, que seguiu com seu placar sem mudanças até o fim do jogo.

Na próxima rodada, o Corinthians vai enfrentar o Santos, na Neo Química Arena, em Itaquera, na quarta-feira (7), enquanto Bragantina encara o Internacional, na quinta.

RED BULL BRAGANTINO

Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger, Edimar; Raul, Ricardo Ryller (Thonny Anderson) e Lucas Evangelista; Artur, Bruno Tubarão (Luis Phelipe) e Alerrandro. T.: Maurício Barbieri

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Cantillo, Gabriel (Ramiro) e Otero (Mantuan); Luan (Cazares), Léo Natel (Gustavo Mosquito) e Jô (Boselli). T.: Dyego Coelho

Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Árbitro: Edina Alves Batista

Assistentes: Danilo Manis e Evandro de Melo

Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo

Cartões amarelos: Ryller (BRA); Fagner e Gabriel (COR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário