Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

É falso que pessoas assintomáticas não transmitem a Covid-19

 


Pixabay

Circula nas redes sociais a informação de que a Organização Mundial da Saúde (OMS) teria admitido que pessoas assintomáticas não transmitem a Covid-19 e que estudos teriam comprovado que 80% da população é imune à doença porque o sistema imunológico reage como se fosse um “resfriado comum”.

“OMS admitindo que assintomáticos não transmitem e agora descobrimos que 80% da população é imune porque o sistema imunológico consegue reagir ao covid19 como se fosse um “resfriado comum”. Que dia!”, diz a mensagem que viralizou nas redes.

No entanto, todas as informações são falsas. Elas se baseiam em uma interpretação equivocada de uma afirmação da chefe do programa de emergências da OMS, a epidemiologista Maria van Kerkhove. Em coletiva de imprensa em junho, ela declarou que transmissões de Covid-19 por pacientes assintomáticos parecem ser “raras”.

Contudo, ela não disse que esses pacientes não têm potencial de infectar outras pessoas. A OMS, posteriormente, esclareceu que essas transmissões são menos comuns, mas não são impossíveis.

Sobre a afirmação de que 80% da população é imune porque o sistema imunológico reage como a um “resfriado comum”, não há estudos que apontem nessa direção, nem mesmo o link citado no tuíte. Nele, o professor Karl Friston, que se dedica a compreender processos biológicos complexos e dinâmicos, afirma que “o alemão médio tem menos probabilidade de ser infectado e morrer do que o britânico médio”, ou seja, nem todas as pessoas são suscetíveis ao coronavírus. No entanto, o professor não afirma, em momento algum, que 80% da população seja imune à Covid-19.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Carolina Pinheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário