Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Enfermeiros notam ‘volume estranho’ em bolsa de paciente e polícia localiza revólver e munições

Foto: Polícia Rodoviária
Caminhoneiro sofreu um acidente e foi levado para o Hospital Regional de Presidente Prudente. Homem foi preso e liberado após pagamento de fiança.
Por G1 Presidente Prudente
Um caminhoneiro de 50 anos foi flagrando com um revólver e munições enquanto era atendido no Hospital Regional de Presidente Prudente, na madrugada desta quinta-feira (29). Conforme o Boletim de Ocorrência, ele sofreu um acidente na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), no trecho de Indiana, e foram os próprios funcionários da unidade de saúde que notaram algo estranho nos pertences da vítima.
De acordo com a Polícia Rodoviária, a corporação foi avisada sobre o acidente envolvendo um caminhão por volta das 0h30. O motorista já tinha sido socorrido e levado para o HR de Prudente.
No local, enfermeiros viram um "volume estranho" dentro de uma bolsa da vítima, "semelhante a uma arma de fogo".
Os policiais foram até a unidade de saúde e o condutor foi identificado como um morador de Cascavel (PR) e estava sob cuidados médicos.
Em revista aos pertences do motorista, dentro de uma bolsa de mão, a polícia localizou um revólver calibre 22 municiado com seis cartuchos intactos, do mesmo calibre, dentro de um coldre de couro. Também foram apreendidos uma faca e várias munições de calibres diversos.
Ao ser questionado, o homem informou que é motorista e que conduzia o caminhão de Ilha Solteira (SP) para Cascavel (PR), quando sofreu o acidente de trânsito na noite desta quarta-feira (28).
Ele disse que comprou a arma há cerca de cinco anos de um desconhecido, pelo valor de R$ 2.700 e confessou não ter porte, nem registro do revólver.
O homem também disse aos policiais que comprou a arma para defesa pessoal, "uma vez que é motorista de caminhão". Ele não esclareceu o motivo de transportar munições de calibre diferentes de seu revólver.
Diante da situação, o homem foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia Participativa de Presidente Prudente.
Sobre o acidente, a polícia informou que outra equipe esteve no local e registrou a ocorrência como "auto lesão", já que não houve outras vítimas.
O delegado de plantão ratificou a prisão e concedeu fiança de R$ 1.500, que foi paga. O motorista vai responder ao crime em liberdade.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário