Páginas

Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de outubro de 2020

 

Laryssa Ayres fala dos estudos, da volta ao trabalho em 'Gênesis' e da relação com Maria Maya

ANNA LUIZA SANTIAGO

 
Laryssa Ayres (Foto: Maria Maya)Laryssa Ayres (Foto: Maria Maya)

Laryssa Ayres aproveitou a pausa nos compromissos profissionais provocada pela pandemia para estudar. Além de um curso intensivo de inglês, a atriz dedica-se à faculdade de Artes Cênicas:

- Fiz um intensivão de inglês para recapitular tudo o que aprendi. Mais para frente, pretendo estudar presencialmente em Nova York. Estou também no último semestre da faculdade. Fiz o primeiro todo presencial e, a partir do segundo, as aulas passaram a ser on-line. O curso, da Casa das Artes de Laranjeiras, é mais rápido, voltado para artistas que já são profissionais. Dura um ano e meio. Vou concluir em dezembro.

Acostumada ao tempo livre para mergulhar no aprendizado, a atriz viu a rotina ficar mais apertada na semana passada, com a volta ao trabalho. Ela retomou as gravações de "Gênesis", novela da Record em que interpretará Sarai. Na trama, a atriz vai reeditar a parceria com Vitor Novello, com quem contracenou em "Malhação". Ele será Abraão. Segundo Laryssa, as cenas românticas dos personagens serão adaptadas:

- Tudo o que requer beijo vai ficar subentendido. A gente não vai chegar a realizar a ação. O beijo faz parte da construção do casal, mas a falta dele não é um empecilho de forma alguma. Vamos defender os personagens e, jogando com os diretores, estaremos preparados para passar a intenção.

Maria Maya, companheira da atriz há mais de dois anos, também fará a novela, mas as duas não chegarão a atuar juntas. Contudo, uma parceria profissional futura não está descartada. Até porque a sintonia só cresce, segundo Laryssa:

- Moramos juntas desde 2018. Estamos acostumadas a ficar juntas, mas é claro que, na quarentena, tudo se intensificou. Procuramos nos ajudar, nos entender, dialogar e ser parceiras. É muito bom ter uma companhia em momentos difíceis. Fomos dando força uma para a outra. Crescemos e nos fortalecemos como casal, como amigas. Ela representa muitas coisas para mim.

 

SIGA A COLUNA NAS REDES

No Twitter: @PatriciaKogut

No Instagram: @colunapatriciakogut

No Facebook: PatriciaKogutOGlobo

 

Laryssa conta que não tem o desejo de fazer uma cerimônia de casamento:

- Somos muitos tranquilas, nos vemos completas. Desde quando passamos a morar juntas, já oficializamos. Para nós, tudo é celebração. Sexta à noite é celebração, viagem é celebração. As pessoas acham que não é oficial se não tiver festa, igreja... Mas o oficial é quando você brinda o amor todos os dias.

Recentemente, artistas como Hugo Bonemer e Igor Cosso declararam que relutaram em assumir sua orientação sexual por medo de perder trabalhos (leia as entrevistas com Hugo e com Igor). Laryssa diz que foi por um outro caminho:

- Sempre que você vai falar alguma coisa pessoal e se expor, não sabe como isso vai ser encarado pelo público e como vai se refletir na sua própria imagem. Mas eu não fiquei preocupada em me calar porque ia ficar sem trabalho. Pensei, na verdade, que quem tivesse o pensamento aberto como o meu e criasse identificação, de repente, iria me chamar para trabalhar com marca X e Y. Acho que passam a vir os trabalhos certos, você não perde nada.

Nem sempre, porém, foi assim. Laryssa relata que, quando criança, quis se enquadrar num certo perfil para obter mais oportunidades profissionais e acabou fazendo alisamento. Atualmente, ela está na fase final da transição capilar, que levou um ano e meio:

- Nas agências, quando criança, infelizmente isso era pedido. Tem a padronização da menina branca, loura, de olhos claros e cabelo liso. Então, passei química muito cedo. Mudei não por olhar no espelho e achar que queria outro cabelo, mas por uma questão de trabalho. Quando alguém escuta numa agência "é melhor alisar porque você terá mais oportunidades", acontece isso. Depois que cresci, vi que a questão estava na cabeça da pessoa, não na minha. Eu tinha uns 7, 8 anos. Me arrependo profundamente. Hoje paro e penso: "Quem deixou fazer isso?". É importante crescer e se desamarrar de tudo o que nos foi dito. Porque é uma forma de ocultar nossa beleza natural, e isso é cruel. 

Laryssa Ayres e Maria Maya (Foto: Reprodução)Laryssa Ayres e Maria Maya (Foto: Reprodução)

Nenhum comentário:

Postar um comentário