Páginas

Pesquisar este blog

domingo, 4 de outubro de 2020

 

Pandemia aumenta o preço do combustível

Gasolina e etanol no Brasil registram variação de 17% nos preços

por Estadão Conteúdo


São Paulo - Levantamento da Ticket Log obtido com exclusividade a partir do seu índice de preços (IPTL), mostra que a gasolina e o etanol registraram 17% de variação nos preços entre os Estados brasileiros, ao longo de 2020. No mês de setembro, a gasolina teve média de R$ 4,548, aumento de 2,3% com relação ao mês de agosto. Já o etanol foi negociado a R$ 3,505, um aumento de 1,7% na comparação com o mês imediatamente anterior.

No acumulado do ano, a gasolina foi vendida a R$ 4,718 em janeiro, mês que atingiu o seu pico no ano, recuando para R$ 4,005 em maio, período que registrou o seu menor valor. Com o etanol, o maior preço verificado foi em fevereiro, quando registrou média de R$ 3,757. Assim como a gasolina, o menor valor registrado também foi em maio, quando o combustível foi encontrado a R$ 3,206.

O diesel viu aumento de 3% em setembro na comparação com o mês passado, a media de R$ 3,698. Com o diesel S-10 o aumento foi de 2,85%, a R$ 3,747. O gás natural veicular (GNV) foi o único que apresentou recuo frente ao mês de agosto, média de R$ 3,073, queda de 1,37%.

"Com a retomada das atividades, é possível notar um aumento no preço de quase todos os combustíveis. Salvo o GNV este mês, todos os outros combustíveis continuam com valores crescentes nas médias frente ao mês de agosto", afirma Douglas Pina, head de mercado urbano da Edenred Brasil.

A MAIS CARA

No comparativo regional, o Centro-Oeste liderou com a gasolina mais cara do País, sendo encontrada a R$ 4,610. A região também figurou com o etanol mais barato, com o litro a R$ 3,109, mesmo concentrando a maior alta nacional para o combustível no período que foi de 4,12%. O etanol mais caro foi encontrado no Norte, com o valor a R$ 3,756. A Região Norte também apresentou os valores mais altos para o diesel e o diesel S-10, R$ 3,928 e R$ 3,962, respectivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário