Páginas

Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de outubro de 2020

Polícia Civil deflagra operação e prende integrante de facção paulista



Polícia Civil

Indivíduo e outro que está foragido são alvos de investigação de tráfico de drogas na região de Presidente Prudente
REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI de O Imparcial de Presidente Prudente
A Delegacia de Polícia Civil de Regente Feijó deflagrou hoje uma operação de combate ao tráfico de drogas na região de Presidente Prudente. Os alvos são dois indivíduos investigados pelo transporte de mais de 200 kg de maconha.
A droga foi apreendida pela Polícia Militar em um carro, no dia 29 de julho deste ano, na Rodovia Raposo Tavares (SP-270). Na época, os 237 tijolos da droga foram apresentados na delegacia de Polícia Civil, onde os investigadores passaram a buscar pelos transportadores, que haviam fugido.
Diante disso, o setor de Investigações Gerais da Unidade de Polícia Judiciária de Pirapozinho iniciou uma série de diligências e conseguiu identificar dois dos responsáveis pela droga.
Ainda, foi constatado que o veículo utilizado para o tráfico era produto de furto.
Após representação por mandados de busca e prisão temporária, os policiais realizaram campanas e chegaram aos endereços dos dois investigados. Os imóveis ficam em Nova Odessa (SP), cidade próxima a Americana (SP).
Membros da facção
Na manhã de hoje, os policiais civis, com apoio da Romu (Ronda Ostensiva Municipal), conseguiram prender um dos traficantes no endereço apontado. No entanto, o outro não foi localizado e é considerado foragido.
De acordo com o delegado que preside a operação, Rafael Guerreiro Galvão, os acusados são membros da facção criminosa paulista.
“A investigação é importante, pois mostra a possibilidade da Polícia Civil em aprofundar importantes atos pontuais em importantes prisões e apreensões em flagrantes delito, aprofundando-se num maior poderio de organizações criminosas e elucidação de toda uma rede de transportes de drogas pelo Oeste Paulista”, considera Galvão.
O criminoso de 32 anos será indiciado pelos por tráfico, associação ao tráfico de entorpecentes e receptação. O homem deverá ficar preso Cadeia Pública de Adamantina enquanto aguarda o decorrer da investigação.
Quanto ao foragido, 27 anos, a Polícia Investigativa e Judiciária realizam diligências para localizá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário