Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

 

Conheça uma filosofia de vida que ajuda no controle da ansiedade

Colunista compartilha dicas, reflexões e experiências para uma breve fuga que ajuda a combater esse mal


Crédito: Unsplash

#ESCAPE, palavra em inglês, tem como significado “ação de escapar”. Refúgio, evasão, fuga. Termo que escolhi para acolher todas as dicas e experiências que nos proporcionem essa “escapada” da correria, da vida atribulada, e que nos leve a soluções para reduzir a ansiedade, o estresse, o nervosismo e qualquer sintoma que não contribua para o nosso bem-estar.

Por isso, não é apenas um rumo a um cenário deslumbrante ou uma experiência jamais vivida, é a tomada de consciência de que nossos ESCAPES estão mais próximos de nós, do que imaginamos.

Começo, então, com o poema “O tempo”, de Mário Quintana:

“A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal…
Quando se vê, já terminou o ano…
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado…
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas…
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo…
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.”


Pelo menos 44,5% dos brasileiros são frustrados com a falta de tempo para o lazer, segundo uma pesquisa piloto do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Outras pesquisas apontam que a sociedade atual está presa à tecnologia, o que distrai as pessoas e tira o foco do que deveriam fazer. A tecnologia que veio para nos libertar, agilizar os trabalhos e nos permitir fazer outras coisas, nos tornou reféns. As pessoas trabalham o dia inteiro na frente do computador, chegam em casa correm para o computador/celular novamente, ao invés de planejar a semana para que tenha tempo para o lazer.


E o que você tem feito em relação a isso? Como está aproveitando o seu tempo?

Se a meditação é algo que não te atrai, uma tática para driblar a vida moderna é viver o aqui e agora, ou seja, diminuir a ansiedade sobre o futuro ou a tendência depressiva de ficar remoendo o passado, e focar toda a atenção no presente.

Se estabelecermos o nosso foco mental apenas no agora, criando objetivos para o hoje (como uma lista de prioridades do que fazer no dia), já estaremos vivendo com mais intensidade o momento presente. A seguir, você vê algumas dicas para estar mais conectada com o aqui e agora.

Como reduzir a ansiedade?

1. Se observe mais

Seu #ESCAPE pode estar diante dos seus olhos, ao lavar suas mãos, preparar seu banho, caminhar para o trabalho ou se alimentar. Observe sua postura ao andar ou se sentar. Observe sua respiração. Sinta o fluxo sanguíneo em seu corpo. Sinta o gosto daquilo que leva à boca. Mastigue mais.

2. Observe mais ao seu redor

Pare por 5 minutos, sem interferências tecnológicas, para observar o que te cerca.
Ao tomar um simples cafezinho, deixe o celular de lado, sinta cada gole do seu café. Veja o que decora as paredes do estabelecimento que está. Olhe ao seu redor. Observe as pessoas sem julgamento, apenas pelo simples fato de estarem ali, no mesmo local que você.

3. Pergunte-se

O que está acontecendo agora? Há algum fato ruim, desagradável, desconfortável que esteja acontecendo neste momento? Ou tudo pelo que você vem sofrendo está no passado distante ou ainda não aconteceu – e pode não acontecer?

Você não precisa esperar vencer suas próximas férias para viver momentos mais felizes. Sabe aquela coisa de sentir o vento bater no rosto? O sol aquecer a pele? A hidratação da água ao tocá-la? Isso funciona bastante e é um ESCAPE que pode ser vivido a qualquer hora do dia, em qualquer lugar! Experimente e até nosso próximo encontro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário