Páginas

Pesquisar este blog

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

 GARDÊNIA CAVALCANTI

Projeto social já doou 1 milhão de pães durante a pandemia

Ação Social Pão de Fátima distribui em média 7.200 pães e 450 quentinhas por dia



Ação Social Pão de Fátima distribui em média 7.200 pães e 450 quentinhas por diaDivulgação
POR O DIA
Você já participou de algum projeto social? Já foi voluntário? Desde o início da crise do coronavírus, muitos perderam seus empregos e estão passando por dificuldades. Você já se perguntou de que forma pode ajudar? Essa crise também vem despertando em muitos o sentimento de solidariedade. Eu conheci de perto o trabalho da Ação Social Pão de Fátima, que já doou mais de 1 milhão de pães para famílias e pessoas em situação de vulnerabilidade social por causa da pandemia.

Aproveito para fazer um convite a vocês! Conhecer de perto esse lindo projeto e sentir a energia e a força do bem que circula nesse ambiente. Além de doações, eles precisam de trabalho voluntário. A iniciativa é uma parceria entre a Associação Arquidiocesana Tarde com Maria e o Santuário Cristo Redentor. A ação trabalha oferecendo pães, quentinhas, cestas básicas e demais itens para essa população.

- Esse projeto é fundamental, pois quem tem fome tem pressa. Não julgamos, apenas distribuímos o alimento para pessoas de todas as religiões, LGBTs... Se a pessoa está passando fome, nós vamos ajudar! Para ter uma ideia, toda a população de rua do Rio de Janeiro já recebeu alguma ajuda nossa nessa pandemia. O projeto do Pão de Fátima é um presente de Deus para nós - explica Berthaldo Soares, idealizador do projeto e fundador da Associação Arquidiocesana Tarde com Maria.

A ação social nasceu em maio deste ano, a partir da pandemia, onde um grupo de empresários, observando um aumento da carência da população neste período, desenvolveu um projeto específico para colaborar com a situação. Atualmente o trabalho conta com a ajuda de 39 instituições cadastradas, que fazem doações e também ajudam no repasse dos alimentos. O projeto realiza a distribuição de cerca de 7.200 pães e 450 quentinhas por dia. Eles atendem famílias, moradores de rua, pessoas que se encontram em centros de recuperação de dependentes químicos, casas de acolhimento a idosos, entre outros.

- Claro que nós não queríamos ter que fazer essa distribuição de alimentos. Gostaríamos que todas as pessoas tivessem um trabalho e a possibilidade de comprar seu próprio alimento. Mas nós estamos aqui para contribuir. Contamos com a ajuda de fiéis, empresários e com pessoas que são sensíveis à nossa causa. Sei que é um grão de areia diante dessa necessidade enorme. Mas queremos chegar em 3 milhões de pães doados. Agradeço a todos que estão nos ajudando - explica Berthaldo.

Quem quiser ajudar pode entrar em contato através do site www.tardecommaria.com.br ou ligar para o telefone (21) 3114-0000 e se cadastrar. A distribuição de alimentos é feita diariamente e eles precisam de todo tipo de ajuda, doações e pessoas dispostas para ajudar com todo o processo.

- Cada ação de doação é difícil explicar o que sentimos. Vocês não imaginam o quanto temos e podemos doar para essas pessoas carentes. Teve uma vez que um pai chegou com o filho e pediu só uma quentinha com vergonha de pedir mais, logo depois chegou a esposa com mais uma filha. Quando dei 4 quentinhas e 4 kits de lanches o menino surpreso, perguntou ao pai se poderia comer sozinho aquela refeição. Resumindo, temos muito e tem muita gente que não tem nada. Podemos sim sempre ajudar – explica Mazza, da empresa Forum Motos, uma das colaboradoras do projeto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário