Páginas

Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Idoso passa por remoção de hérnia de 30 kg em cirurgia de 5 horas no litoral de SP

 


Após quase um ano de espera, um idoso, de 71 anos, conseguiu retirar uma hérnia com cerca de 30 kg. O procedimento cirúrgico demorou aproximadamente cinco horas para remover a estrutura.

Ao G1, a filha do idoso contou que o pai já recebeu alta médica e já via ao banheiro e anda sozinho.

O problema foi notado pelo idoso há cerca de quatro anos, mas somente em 2019, a hérnia infra-umbilical lipomatosa foi diagnosticada. A estrutura prejudicava a limitação do idoso.

Somente após entrevista da filha do idoso ao G1, a equipe do Hospital Guilherme Álvaro, em Santos, entrou em contato com a família para que o idoso passasse por nova consulta médica. A avaliação aconteceu no dia 23 de outubro e, no dia seguinte, o paciente foi informado de que seria submetido à cirurgia, conforme apuração do G1.

“Analisaram os exames, a hérnia, e disseram que na terça-feira [27] ele seria internado, e que a cirurgia seria feita na quarta-feira [28]. Refizemos alguns dos exames e deu tudo certo, ele foi internado na terça e na quarta-feira de manhã já vieram buscar ele para a operação”, conta a filha, que prefere não se identificar.

“Não teve nenhuma intercorrência, correu tudo bem. Tiraram a parte maior de gordura do lipoma. Agora, sobrou um lipoma menor, que está se formando na ponta da barriga, e a hérnia em si”, completa.

Após a realização da cirurgia, o material coleta foi encaminhado para análise por biopsia.

“Os médicos nos disseram que tiraram aproximadamente 12 kg de gordura, além do líquido drenado, então, ele já perdeu mais ou menos 15 kg nessa cirurgia. Claro que ainda tem algumas dificuldades, o corte foi bem grande, mas ele já anda e se senta sozinho”, revelou a filha.

“Agradecemos a cada pessoa que compartilhou, comentou e entrou em contato com a gente. Ele já mudou totalmente, está muito disposto, e isso é o que importa”, finaliza a filha.


Nenhum comentário:

Postar um comentário