Páginas

Pesquisar este blog

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Inflação do aluguel sobe 23%


A Fundação Getúlio Vargas divulgou índices que traçam o cenário atual da economia.
O PREÇO DO ALUGUEL ACUMULA ALTA DE 24% EM 12 MESES. O IGP-M SUBIU 2,6% NA PRIMEIRA PRÉVIA DE NOVEMBRO. A TAXA SUPERA O 1,9% REGISTRADO NOS PRIMEIROS DIAS DE OUTUBRO. A FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DIVULGOU OUTROS SOLAVANCOS NA ECONOMIA, QUE MEXEM COM O BOLSO DO CONSUMIDOR. O ÍNDICE DE PREÇOS AO PRODUTOR AMPLO, RESPONSÁVEL PELO SOBE E DESCE NO ATACADO, SUBIU DE 2,45% PARA 3,48%. DESTAQUE PARA REAJUSTES NO ALGODÃO, MILHO, ÓLEO DIESEL E FARELO DE SOJA. E A TAXA QUE MEDE OS CUSTOS DA CONSTRUÇÃO SALTOU DE 1,26% PARA 1,31%. OU SEJA, REFORMAR A CASA ESTÁ UM POUCO MAIS CARO. POR OUTRO LADO, HOUVE UMA LIGEIRA QUEDA NO ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR. A TAXA CAIU DE 0,64% PARA 0,41%. A REDUÇÃO SÓ NÃO FOI MAIOR POR CAUSA DO AUMENTO NO PREÇO DA GASOLINA – QUE GIRA EM TORNO DE 2% - E DO REAJUSTE EM ALGUMAS CONTAS DE TELEFONE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário