Páginas

Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de novembro de 2020

 

Vozerão que fala! Cantora Luana Marques abre o coração sobre carreira, dificuldades na vida artística e expectativas com o 'The Voice Brasil'

A artista, que já tem 21 anos de carreira, está participando do 'The Voice' no time do sertanejo Michel Teló

MÁXIMA DIGITAL

Luana Marques faz parte do time do Michel Teló no 'The Voice Brasil 2020'
Luana Marques faz parte do time do Michel Teló no 'The Voice Brasil 2020' - Instagram/ @luanamarquesoficial

Ah, o The Voice Brasil... Quem não estava com saudade de descansar de um dia cheio de trabalho ouvindo uma boa música na televisão?

No meio da pandemia que estamos enfrentando e de tantos sentimentos vindo à tona, como o medo, a insegurança e a incerteza, deixar a mente descansar e 'voar' ao som de vozes tão talentosas é quase que um presente.

E falando em música e pandemia, a Máxima Digital bateu um papo com a cantora Luana Marques, que faz parte do time de Michel Teló na atual temporada do programa, e que tem feito um baita sucesso nas redes sociais por conta de seu vozerão.

Seu Facebook cresceu, em média, 1000% e seu Instagram teve um aumento 400% no alcance depois da primeira aparição no The Voice. Não é pouca coisa, não!

Na noite desta terça-feira, 10, a euforia em suas mídias foi ainda maior quando arrancou muitos elogios de seu técnico e levou a melhor na batalha com o cantor Sérgio Dorneles, cantando Luar do Sertão.

[Que tal dar uma espiadinha?]


Luana tem 36 anos de idade e 21 de carreira. Nascida em Minas Gerais, a sertaneja sempre soube que queria ser cantora. 

"Essa paixão vem de infância. No rádio, cedinho, quando minha mãe acordava era só modão, meu avô materno só ouvia modão, meu pai também amava ouvir, e eu não fui diferente, me apaixonei e tô apaixonada até hoje [...] A decisão [de viver da música] veio quando entendi que não conseguiria fazer mais nada da minha vida se não fosse cantar. Comecei a viver totalmente de música no início de 2000".

E 20 anos depois da grande decisão, a artista, que sonha em dividir o palco com Chitãozinho & Xororó, enfrentou seus medos, subiu em um palco com quatro cadeiras de costas pra ela, soltou a voz e entrou para o time do técnico que é o maior campeão do The Voice Brasil.

Quando perguntamos a ela o que passou em sua cabeça ao ver que Michel Teló, sertanejo como ela, havia apertado o botão, Luana até se emocionou: "Fora a emoção quase incontrolável, tive a sensação de toneladas saindo dos ombros! É muita responsabilidade!"

"Gratidão define tudo! O The Voice está sendo, para mim, parte de um momento de grande evolução pessoal e profissional. Todo carinho que estou recebendo é combustível para dar o melhor de mim a cada dia. Gostaria muito de agradecer a cada um por tanta energia maravilhosa!", completou a loira.

Mas antes do programa, nem tudo estava tão perfeito...

Como muitos artistas, Luana se viu quase sem chão quando a pandemia começou. Fora a questão de saúde, que era preocupante para todos, ela, que tinha uma média de 25 shows por mês, passou a não ter nenhum. E sem show, sem dinheiro....

"Tinha uma agenda corrida, trabalhava pra caramba e, de repente, com todo esse cenário mundial, catastrófico, eu passei disso tudo pra zero. Me bateu um desespero, porque o custo de vida aqui em São Paulo, como todo mundo sabe, é alto", contou ela, que mora na capital paulista.

Luana Marques apontou que, pouco antes do coronavírus, ela e sua sócia, Luciene, tinham começado a atingir resultados muito bons com o marketing digital, com "números consideráveis para uma artista anônima", segundo ela. Mas o caos mundial fez com que elas, que não tinham uma reserva financeira, ficassem bastante prejudicadas.

"Aí começaram a surgir as lives e vimos uma saída nisso! Conseguíamos vários patrocinadores e parceiros e, num momento tão difícil, conseguimos, além do dinheiro pra pagar as nossas contas, ajudar instituições, com cestas básicas, produtos de higiente, produtos específicos da necessidade de cada instituição... Foi um trabalho lindo e muito gratificante! Deus é muito bom", lembrou.

CONQUISTA

Foi no meio de muita confusão e de um ano tão diferente de todos os outros, que a cantora recebeu a ligação tão esperada."Recebi o telefonema do The Voice e foi uma alegria imensa. Sabe aquele suspiro da luz no fim do túnel? Então... Foi isso. O The Voice, com certeza, na minha cabeça, no meu coração, traria pra mim visibilidade e movimento em tudo que tava parado".

E trouxe!

"Está sendo uma caminhada linda de muito aprendizado, de muito carinho, de muita luz, e to extremamente feliz... Radiante! Dá pra qualquer um perceber", finalizou.

Nós da Máxima Digital só desejamos SUCESSO na trajetória de Luana, seja dentro do The Voice ou fora dele.

 

Ah, e surpresa para os apaixonados pelo programa: quer uma entrevista completa com seu candidato preferido? Mande uma mensagem para nós em nosso Facebook. Quem sabe ele não aparece aqui no nosso site?

Nenhum comentário:

Postar um comentário