Páginas

Pesquisar este blog

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

 

Deborah Secco relembra cena de sequestro e assassinato de 'Laços de família': 'Paramos a Lagoa Rodrigo de Freitas para gravar, foi incrível'


Deborah Secco e Lilia Cabral em cena de sequestro e assassinato de 'Laços de família'
Deborah Secco e Lilia Cabral em cena de sequestro e assassinato de 'Laços de família' Foto: Rede Globo/Divulgação
' Foto: Rede Globo/Divulgação

Uma das cenas mais importantes de “Laços de família” vai ao ar na próxima semana: a morte de Ingrid (Lilia Cabral), assassinada ao tentar proteger a filha, Íris (Deborah Secco), num sequestro relâmpago. Na época, em 2000, os telespectadores reclamaram muito da saída da personagem da novela. “Eu cumpri uma função importante na história, até hoje ninguém esqueceu da morte do Aléssio (Fernando Torres) e nem da Ingrid. Foi muito bom ter feito essa novela. Eu e Deborah tivemos lindas cenas de mãe e filhas juntas. Estávamos diante de um texto magistral”, lembra Lilia.

Deborah, que protagonizou inúmeras sequências importantes em “Laços”, lembra com carinho da cena do sequestro, que culminou com a morte da mãe de Íris: “Íris foi uma personagem de várias cenas boas, difícil escolher só uma. Mas a sequência do sequestro relâmpago e a morte da mãe sem dúvida está entre as melhores. A cena foi de muita emoção, tensão e entrega. Lembro como se fosse ontem, paramos a Lagoa Rodrigo de Freitas para gravar, foi incrível”.


Siga-me no Twitter @carla_bit e no Instagram @carlabittencourt

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário