Páginas

Pesquisar este blog

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Após ameaçar e agredir esposa, homem tenta fugir da Polícia Militar, mas bate carro contra imóvel e acaba preso

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

Foto: Stephanie Fonseca/G1

Indivíduo 'jogou' veículo contra os policiais e seguiu em alta velocidade por várias ruas, em Presidente Prudente. Vítima contou que marido a xingou e a agrediu com socos e chutes.
Por G1 Presidente Prudente
Um homem de 42 anos foi preso por violência doméstica na noite deste domingo (3), em Presidente Prudente. Em um carro, ele tentou fugir da Polícia Militar por várias ruas, mas perdeu o controle da direção e bateu contra um imóvel. Uma faca que teria sido usada para ameaçar a vítima de 35 anos foi localizada no veículo e apreendida.
A corporação foi acionada por meio do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) devido a uma ocorrência de violência doméstica. Quando as equipes chagaram ao local, o suspeito estava já dentro de seu carro. Na ocasião, alguns transeuntes avisaram que se tratava do autor das agressões.
De acordo com a PM, o indivíduo, ao ver as viaturas, “jogou o carro” sobre a equipe – que estava em duas motocicletas. Os policiais se esquivaram subindo na calçada e começaram a seguir o suspeito por várias ruas do Jardim Jequitibás 2.
Contudo, ao tentar fazer uma curva em alta velocidade, o homem perdeu o controle da direção e bateu contra a parede de um imóvel na esquina da Rua Professor Noé de Azevedo e Rua Alexandre Fernandes, no Jardim Monte Alto. Ele foi retirado do veículo e, conforme o registro policial, tentou fugir novamente, mas foi contido e preso.
Durante a abordagem, de acordo com o Boletim de Ocorrência, foi possível notar que o homem apresentava sinais de embriaguez, porém, ele se recusou a realizar o teste do bafômetro.
No veículo foram localizadas uma faca e diversas latas de cerveja, conforme informou ao G1 a Polícia Militar.
Os policiais voltaram à casa onde houve a briga familiar, onde a vítima contou que neste domingo (3), após ingerir bebida alcoólica, o homem passou a xingá-la e depois a agredi-la com socos e chutes. O indivíduo também ameaçou a mulher com uma faca, que foi apreendida.
Conforme o registro policial, a vítima relatou que há medidas protetivas que impedem o marido de se aproximar e manter contato, contudo estavam vivendo juntos. De acordo com a Polícia Civil, a situação “revelou violação ao princípio da boa-fé” por parte da mulher que, “em vez de usufruir o direito protecionista dispensado pelo Estado, fez foi manter o relacionamento amoroso com quem, a princípio, queria manter distância”.
Questionado, o homem negou a prática dos fatos.
A perícia foi acionada para o local.
O exame clínico não constatou a alteração da capacidade psicomotora do homem.
Já o exame de corpo de delito da vítima constatou lesão corporal.
Na Delegacia Participativa da Polícia Civil a voz de prisão em flagrante foi ratificada e o homem permaneceu à disposição da Justiça. O caso foi registrado como descumprimento de medida protetiva de urgência, lesão corporal, violência doméstica, ameaça e injúria.
A Polícia Militar acrescentou que o veículo foi removido ao Pátio Municipal por estar com o licenciamento em atraso.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região

Nenhum comentário:

Postar um comentário