Páginas

Pesquisar este blog

18/01/21

Confira nova tabela do INSS

 Tabela do INSS é atualizada para 2020; veja como ficou

A PARTIR DO MÊS QUE VEM, O TRABALHADOR JÁ VAI CONTRIBUIR COM NOVOS VALORES PARA A PREVIDÊNCIA SOCIAL.  COM O REAJUSTE DOS BENEFÍCIOS PAGOS PELO INSS, A CONTRIBUIÇÃO PARA O SISTEMA PREVIDENCIÁRIO DO PAÍS DEVE MUDAR.  COM A REFORMA DA PREVIDÊNCIA, APROVADA EM 2019, A TAXA PASSOU A SER PROGRESSIVA.  NA PRÁTICA QUEM GANHA MAIS CONTRIBUI MAIS E QUEM GANHA MENOS CONTRIBUI MENOS.  AS ALÍQUOTAS CONTINUAM AS MESMAS, DE SETE E MEIO POR CENTO PARA QUEM RECEBE UM SALÁRIO-MÍNIMO, NOVE POR CENTO PARA QUEM GANHA DE UM SALÁRIO-MÍNIMO A DOIS MIL 203 REAIS E 48 CENTAVOS POR MÊS, 12 POR CENTO PARA QUEM GANHA DESTE VALOR ATÉ TRÊS MIL 305 REAIS E 22 CENTAVOS E 14 POR CENTO PARA QUE PARTE DESTE VALOR E VAI ATÉ O TETO DO INSS, QUE PASSOU A SER DE SEIS MIL 433 REAIS E 17 CENTAVOS.  PARA SE TER UMA IDEIA, O TRABALHADOR QUE RECEBE UM SALÁRIO-MÍNIMO PAGAVA ATÉ O ANO PASSADO 78 REAIS E 38 CENTAVOS DE CONTRIBUIÇÃO. A PARTIR DO MÊS QUE VEM A TAXA PREVIDENCIÁRIA DESTE TRABALHADOR SERÁ DE 82 REAIS E 50 CENTAVOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário