Páginas

Pesquisar este blog

06/01/21

Homem de 35 anos acaba preso após invadir residência e tentar estuprar idosa de 78 anos em Pirapozinho

A imagem pode conter: árvore, céu e atividades ao ar livre

Foto: Polícia Civil

Vítima foi derrubada no chão da cozinha de sua casa, mas conseguiu se desvencilhar do agressor e gritar por socorro.
Por G1 Presidente Prudente
A Polícia Militar prendeu em flagrante um homem de 35 anos suspeito de tentar estuprar uma idosa de 78 anos, nesta terça-feira (5), em Pirapozinho (SP).
De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia da Polícia Civil, o suspeito invadiu a casa da idosa, no Centro da cidade, rendeu a vítima na cozinha na tentativa de estuprá-la e fugiu depois que a mulher conseguiu se desvencilhar dele e gritar por socorro.
A idosa, que sofreu ferimentos no nariz após lutar com o agressor, contou aos policiais militares que o homem a derrubou no chão da cozinha e subiu sobre ela com o intuito de estuprá-la. Com as mãos, o agressor tampava a boca da vítima, mas a idosa lutou com ele e conseguiu gritar por socorro, o que o fez desistir do ato criminoso e fugir do local correndo a pé.
Uma vizinha, de 53 anos, contou aos policiais que foi verificar o que acontecia após ter ouvido os gritos de socorro da idosa e, quando entrou no quintal, viu uma jaqueta preta caída próxima à porta da cozinha. A testemunha ficou com medo, foi pedir ajuda e quando retornou à casa da vizinha idosa viu quando o suspeito fugia correndo do local, carregando consigo a jaqueta.
Com as informações das características físicas do suspeito, os militares iniciaram as buscas e conseguiram localizá-lo enquanto caminhava, no Jardim Natal Marrafon. Quando viu a viatura policial, o suspeito tentou fugir correndo, mas os militares conseguiram alcançá-lo e detê-lo. Ele ainda tentou resistir à abordagem, mas acabou contido e algemado.
Segundo o Boletim de Ocorrência, o suspeito confessou que havia acabado de tentar estuprar uma senhora e alegou que “foi um momento de fraqueza”.
Ele recebeu voz de prisão em flagrante, por resistência e tentativa de estupro, e foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, que ratificou a decisão dos militares e o colocou à disposição da Justiça.
Além disso, a Polícia Civil ainda representou à Justiça pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva em razão da “multirreindicência” do indiciado na mesma natureza de crime, bem como no “grande abalo à ordem pública” que o casou provocou na sociedade local.
A idosa foi levada ao Pronto-socorro de Pirapozinho, onde passou por exame de corpo de delito, e em seguida compareceu à Delegacia da Polícia Civil.
Como também tinha ferimentos superficiais, o indiciado foi submetido a exame médico no Posto de Saúde de Pirapozinho.
Sobrinha
A própria Polícia Civil já havia registrado no último dia 23 de dezembro o caso em que uma menina de 10 anos, sobrinha do indiciado, contou ter sido abusada sexualmente por ele.
Como já havia sido orientada por sua mãe a tomar cuidado com o tio, a criança correu para a rua tentando pedir socorro e não houve conjunção carnal entre a vítima e o indiciado. Segundo o Boletim de Ocorrência, o tio confessou os fatos envolvendo a sobrinha e, inclusive, contou que tinha oferecido a quantia de R$ 10 para “ficar” com a menina, mas que ela ficou com medo e correu.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, existe uma medida protetiva expedida pela Justiça proibindo o tio de se aproximar da sobrinha.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário