Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Modo como você dorme determina as condições de saúde

 


Shutterstock

A importância de dormir bem, tanto para a saúde quanto para melhorar o desempenho na academia, todos já conhecem. Por isso, o texto abaixo te mostra as melhores formas para ficar na cama de acordo com as suas necessidades.

Posição fetal

Boa para quem tem dores na lombar. Durante o dia, a espinha está sujeita às forças gravitacionais que pressionam os discos intervertebrais. A posição fetal ajuda a reduzir a pressão sobre eles. Mas lembre-se: o pescoço tem de ficar alinhado ao restante do corpo ao dormir, ou seja, o travesseiro não pode ser muito alto, nem muito baixo.

Ruim para quem tem dores de cabeça. Se o pescoço estiver desalinhado, pode acarretar o surgimento de dor de cabeça tensional, que pode levar a dor a irradiar para o topo da cabeça.

De barriga para cima

Boa para quem tem artrite e dor nas juntas. Dormir com as costas apoiadas sobre o colchão ajuda a distribuir o peso do corpo mais uniformemente, sem pressionar nenhuma área específica.

Ruim para quem ronca. Nesta posição de dormir, os músculos do maxilar e da língua ficam relaxados, e tanto a maxila quanto a garganta ficam sob a influência da gravidade, o que provoca um estreitamento da garganta, aumentando o som do ronco. A posição piora ainda mais a barulheira produzida por quem está acima do peso, pois a gordura extra na região do pescoço também reduz o diâmetro da garganta.

De lado

Quem tem refluxo, precisa dormir assim. Pois, ele é o movimento que leva o ácido produzido pelo estômago a escapar, causando um forte incômodo e mesmo dor, segundo pesquisadores do Centro de Pesquisas do Sono da Universidade Loughborough (Reino Unido).

O segredo, dizem os especialistas, é deitar-se de lado, mas para o lado esquerdo. Uma pesquisa já havia mostrado que as chances de o ácido sair do estômago são menores, embora não se saiba por quê.

Ruim para rugas. De acordo com a Associação Britânica de Dermatologia, deitar-se de lado aumenta a pressão sobre as chamadas linhas do sorriso, aquelas que saem do nariz e seguem em direção à boca. Dependendo do lado em que se dorme, essas linhas chegam a ser bem mais fundas e pronunciadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário