Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

 

Polícia prende outro invasor do Capitólio que chamou atenção por 'vestimenta animal'

Por: Fernando Moreira 
Aaron Mostofsky no Capitólio
Aaron Mostofsky no Capitólio Foto: Reprodução/YouTube
Foto: Reprodução/YouTube

O filho de um juiz do Brooklyn, em Nova York (EUA), que foi fotografado no ataque da semana passada ao Capitólio, em Washington, vestido com peles de animais e carregando equipamentos da polícia, foi preso na terça-feira (12/1).

Aaron Mostofsky, de 34 anos, é filho de Shlomo Mostofsky, figura importante na comunidade judaica ortodoxa e juiz da Suprema Corte do condado de Kings, contou o "Daily Beast".

O detido usava um colete à prova de balas com a palavra "Polícia" estampada e carregava um cajado de madeira e um escudo antimotim de acrílico com a insígnia da Polícia do Capitólio.

Aaron foi acusado de quatro crimes, incluindo roubo de propriedade do governo, permanência intencionalmente em edifício restritivo sem autoridade legal e para bloqueio de interesses do governo e conduta desordeira.

Aaron Mostofsky no Capitólio
Aaron Mostofsky no Capitólio Foto: Reuters

 Foto: Reuters

Jeffrey Schwartz, advogado de Aaron, disse que o seu cliente não fazia parte de uma invasão coordenada e que só estava no Capitólio para protestar contra uma "eleição roubada".

"Ele entende como a coisa toda em Washington saiu do controle", afirmou.

Durante a invasão, o filho do juiz se identificou a um repórter do "NY Post" apenas como "Aaron do Brooklyn".

Nas redes sociais, a indumentária de Aaron foi comparada com a de Jake Angeli, mais conhecido como Q Shaman, outro invasor do Capitólio, que acabou preso no sábado (9/1). O americano, de 33 anos, virou uma das figuras mais representativas do ataque especialmente por causa da forma como se vestia: chapéu de pele de animal com chifre, sem camisa e com rosto pintado com as cores da bandeira americana.

'Q Shaman' na invasão do Capitólio, em Washington: pose de pop star

Foto: AFP

fonte:extra.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário