Páginas

Pesquisar este blog

13/02/21

5 alimentos para não virar um pimentão após se expor ao sol

 

© Pixabay

O sol forte do verão pode acabar com a sua pele. Se você se expôs demais aos raios solares, fique atento e tome os cuidados adequados para não fazer com que a pele sofra ainda mais. Mas, também vamos te deixar com algumas ‘cartas na manga’ e mostrar os melhores alimentos para evitar a vermelhidão. Confira!

Batata: Corte uma batata crua em fatias finas e esfregue nos locais mais doloridos. O amido do vegetal ajuda a aliviar o ardor da queimadura de sol. Ou, então, rale um pedaço de batata gelada e aplique como se fosse uma pomada.

Morango: Os antioxidantes presentes na fruta ajudam a suavizar o ardor depois de um dia de praia. Amasse alguns morangos sobre o local dolorido, deixe por alguns minutos e depois lave o local.

Pepino: Há quem diga que o vegetal oferece o mesmo conforto que pomadas ou cremes pós-sol, sem os compostos químicos presentes nesses produtos. Amasse um pepino e coloque sobre o local afetado. Ou esprema o suco, misture com glicerina e água de rosas.

Leite desnatado: O leite forma uma película sobre a pele que ajuda a minimizar o desconforto da queimadura de sol. Aplique o leite fresco, não gelado, sobre a pele, como se fosse uma compressa. Repita várias vezes ao dia.

Aveia: Uma das melhores alternativas para as queimaduras de sol. Adicione a aveia na água fresca, deixe de molho e aplique com uma gaze sobre a pele, reaplicando várias vezes ao dia.

Por fim, lembre-se de usar hidrantes sempre, independentemente do seu tipo de pele, desde normal a seca. No verão, há uma maior dificuldade em manter o nível de hidratação adequado. O equilíbrio e a função da barreira cutânea são reestabelecidos de forma eficaz com hidratantes. O ideal é que ele seja aplicado após o banho.

Eduardo Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário