Páginas

Pesquisar este blog

18/02/21

Após ameaçar a mãe com uma faca, mulher chuta porta e quebra vidro de viatura da PM enquanto é presa

Pode ser uma imagem de carro e ao ar livre

Foto: Paulo Taroco/G1

Vítima relatou que a filha chegou bêbada e muito agressiva na casa da família, no Parque Bandeirantes, em Presidente Prudente.
Por G1 Presidente Prudente
Uma mulher de 29 anos foi presa nesta terça-feira (16) no Parque Bandeirantes, em Presidente Prudente, após ameaçar a própria mãe com uma faca.
De acordo com o Boletim de Ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por volta das 16h. No local, a vítima, de 58 anos, informou que a filha estava descontrolada e não era mais possível a convivência.
Ela contou que a filha é usuária de drogas e bebidas alcoólicas e já tinha sido presa por tráfico de entorpecentes. A mulher relatou que foi agredida verbalmente e ameaçada outras vezes pela filha.
Falou também que a autora costuma ficar transtornada e agressiva quando faz o uso de drogas, quebrando copos, taças, pratos e móveis. A mãe relatou que a filha saiu da casa por volta das 5h, retornou embriagada e saiu novamente após o almoço. Às 15h, a mulher voltou para a residência "bêbada e muito agressiva", perguntou sobre um carregador de celular e começou a xingar a mãe. "Ela disse que iria me matar e veio para cima de mim, oportunidade em que desferi um tapa em seu rosto", informou a vítima.
A autora foi até a casa da vizinha, pegou uma faca e retornou dizendo que mataria a mãe. A mulher foi para a residência vizinha e chamou a Polícia Militar.
Ela foi presa e enquanto era conduzida até a viatura, chutou e amassou a porta traseira do veículo. Ao ser colocada dentro do compartimento de preso, ela começou a se debater e chutou o vidro traseiro, que quebrou. A autora se machucou e foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento do Jardim Guanabara.
"Gostaria que ela permanecesse presa, pois estou com medo dela voltar para casa", afirmou a mãe à polícia, solicitando também a concessão de medida protetiva de urgência para que a filha se afaste da residência.
O caso foi registrado na Delegacia Participativa como ameaça, dano qualificado, injúria, e violência doméstica. O delegado de plantão solicitou a prisão preventiva da mulher.
A faca foi apreendida.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário