Páginas

Pesquisar este blog

07/02/21

Em jogo com polêmicas, Atlético-GO e Santos empatam em Goiânia

Pode ser uma imagem de 3 pessoas

(Foto: Heber Gomes / Estadão Conteúdo)

Dragão marca em pênalti duvidoso e perde jogador por expulsão questionável. Peixe busca igualdade também em penalidade
Só de pênalti
Se faltaram boas chances de gols, sobraram polêmicas no empate por 1 a 1 entre Atlético-GO e Santos, neste sábado à noite, em Goiânia, pelo Brasileirão. Os dos gols saíram em cobranças de pênaltis. O resultado é ruim para os dois. O Dragão, é verdade, soma um ponto com um jogador a menos em campo (Matheus Vargas foi expulso), mas tropeça em casa e não consegue colar no bloco de cima da classificação. O Peixe continua fora do grupo que vai à Libertadores em 2021.
As polêmicas
O árbitro Marcelo de Lima Henrique marcou pênalti para o Atlético-GO por um agarrão de Arthur Gomes em Dudu. Para o comentarista Paulo César de Oliveira, não houve impacto suficiente para a falta. No segundo tempo, o juiz expulsou Matheus Vargas por falta violenta em Luan Peres. Ele chegou a aplicar cartão amarelo, mas mudou para o vermelho após ver as imagens no VAR. PC também discordou por ver falta no meio antes do carrinho.
Dragão no meio da tabela
Sonhando com alguma competição internacional em 2021, o Atlético-GO deixa de somar dois pontos importantes. Uma vitória colocaria o time bem perto do G8 do Brasileirão. O empate, porém, deixa a equipe goiana com 46 pontos, em 12º lugar. O clube volta a jogar pelo Brasileirão apenas no dia 14, contra o Athletico, em Curitiba.
Santos: e a Libertadores?
O Santos corre para ficar com uma vaga na Libertadores de 2021 após o vice-campeonato do torneio. Mas o momento não é dos melhores. São cinco partidas sem vencer na competição (três derrotas e dois empates). O Peixe aparece na décima posição, com 47 pontos. No dia 13, pega o Coritiba, na Vila Belmiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário