Páginas

Pesquisar este blog

12/02/21

Incêndio em residência mata avó e neta em Euclides da Cunha Paulista

Pode ser uma imagem de fogo e ao ar livre

Foto: Vera Gonçalves
Polícia Civil suspeita de tenha ocorrido vazamento de gás de um botijão no imóvel na manhã desta sexta-feira (12). Vítimas não conseguiram sair da casa a tempo de evitar a tragédia.
Por G1 Presidente Prudente
Duas pessoas morreram vítimas de um incêndio em uma residência de alvenaria na manhã desta sexta-feira (12) em Euclides da Cunha Paulista (SP).
De acordo com as informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, as vítimas fatais são uma mulher e uma criança.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ambas são avó, de 41 anos, e neta, de 6 anos.
A suspeita inicial da Polícia Civil é a de que tenha ocorrido o vazamento de gás de cozinha de um botijão no imóvel, mas a confirmação das causas do incêndio ainda depende do resultado da perícia.
Os bombeiros foram acionados para o atendimento da ocorrência às 10h44 e conseguiram controlar o fogo no local.
A Polícia Científica foi acionada para periciar o imóvel e apurar as causas do incêndio.
Conforme a Polícia Civil, as duas vítimas não conseguiram sair da casa a tempo de evitar a tragédia.
Já uma outra criança e um homem que também estavam no imóvel escaparam com vida.
O delegado responsável pelas investigações sobre o caso, Adilson de Carvalho, disse ao G1 que, aparentemente, o incêndio foi ocasionado por um vazamento em um botijão de gás de cozinha.
"Acreditamos que as vítimas não conseguiram fugir por terem desmaiado, tendo sido intoxicadas pelo vazamento do gás", acrescentou.
O delegado ainda falou ao G1 que as vítimas eram moradoras da residência e que um homem e uma criança, que são pai e filho e que também moram na casa, conseguiram escapar do incêndio.
O delegado também informou que um inquérito vai ser instaurado para apurar o caso.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário