Páginas

Pesquisar este blog

15/02/21

Inversores de energia furtados em Rinópolis são recuperados pela Polícia Civil

Nenhuma descrição de foto disponível.

Foto: Polícia Civil

Policiais localizaram os objetos na manhã deste domingo (14) em uma residência na cidade de Pederneiras (SP). Investigações continuam para identificar o autor do crime.
Por G1 Presidente Prudente
Neste domingo (14), a Polícia Civil recuperou dois inversores de energia que haviam sido furtados em uma propriedade rural, em Rinópolis. Conforme a corporação, os objetos estavam em uma casa no município de Pederneiras (SP).
Ainda segundo a polícia, o crime foi entre os dias 6 e 7 deste mês, com prejuízo estimado em R$ 80 mil. Após o registro da ocorrência no dia 8 de fevereiro, foi dado início aos trabalhos de investigação com o objetivo de recuperar os objetos e identificar o autor.
“Durante uma semana análise de documentos, identificação de indivíduos e troca de informações com policiais de Bauru [SP] e Pederneiras [SP], foi identificado que os objetos poderiam estar na cidade de Pederneiras”, afirmou a corporação.
Na manhã deste domingo (14), equipes de policiais civis de Rinópolis, da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) e Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Tupã (SP) se deslocaram para Pederneiras, onde acabaram por localizar os produtos furtados numa residência na Bairro Bertoline.
“O indivíduo que estava na posse dos objetos alegou tê-los comprado de um indivíduo que identificou apenas pelo prenome, não sabendo dar mais explicações sobre a negociação. Foi então encaminhado à CPJ [Central de Polícia Judiciária] de Bauru, onde foi registrado boletim de ocorrência e apreendidos os objetos”, explicou a Polícia Civil.
Além dos objetos furtados na cidade de Rinópolis, também foram apreendidos outros materiais cuja “procedência ainda está sendo verificada”.
“A polícia continua, agora, as investigações com o objetivo de apurar o autor do furto e em breve novas informações podem surgir”, salientou a polícia.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário