Páginas

Pesquisar este blog

08/02/21

Justiça decreta prisão preventiva de rapaz preso por duplo homicídio contra casal em Regente Feijó

Pode ser uma imagem de ao ar livre

Foto: Polícia Civil

Após passar por audiência de custódia, foi definido que o investigado deverá responder ao processo preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá.
Por G1 Presidente Prudente
A Justiça decretou, neste domingo (7), a prisão preventiva do rapaz de 22 anos, investigado por duplo homicídio qualificado contra um casal, em Regente Feijó. Após passar por audiência de custódia, foi definido que ele deverá responder ao processo preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá.
O crime foi na madrugada de sábado (6). Após algumas horas, o rapaz foi preso em flagrante e afirmou, em depoimento prestado à Polícia Civil, que não conhecia as vítimas que foram assassinadas em Regente Feijó, segundo informou ao G1 o delegado Marcelo Magalhães, que é o responsável pelas investigações sobre o caso.
Magalhães detalhou ao G1 que o preso contou que foi interferir em uma discussão relacionada a uma pessoa que ele conhecia e acabou se envolvendo com o caso.
Ele ainda falou, segundo o delegado, que uma pessoa o teria agarrado pelo pescoço e que teve uma discussão com as vítimas, que alegou desconhecer.
Segundo a Polícia Civil, o preso apresentou a versão dele sobre o caso e confessou ter desferido os golpes durante a briga.
O depoimento dele prestado à Polícia Civil teve o acompanhamento de um advogado.
Crime
O casal foi assassinado na madrugada deste sábado (6) durante uma confusão no local conhecido popularmente como “Praça da Fonte Luminosa”, no Centro de Regente Feijó.
O marido, de 40 anos, e a esposa, de 35 anos, eram moradores do bairro Jacutinga, que fica na zona rural de Regente Feijó.
As vítimas, segundo a Polícia Civil, foram agredidas na região do pescoço com golpes de garrafa de vidro desferidos por um homem que fugiu após o crime, mas acabou preso na manhã deste sábado (6).
Ambas as vítimas chegaram a ser socorridas e levadas ao Hospital e Maternidade Regional de Regente Feijó para receber atendimento médico, mas não resistiram à gravidade dos ferimentos e morreram.
De acordo com o delegado titular da Polícia Civil em Regente Feijó, Marcelo Magalhães, o duplo homicídio ocorreu durante uma confusão generalizada iniciada após uma discussão e que envolveu várias pessoas que estavam na praça, onde consumiam bebidas alcoólicas, entre 1h30 e 2h.
Após o crime, o suspeito, também morador de Regente Feijó, fugiu do local, mas acabou preso depois de ser encontrado por policiais civis e militares escondido dentro de um guarda-roupas, na casa de um parente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário