Páginas

Pesquisar este blog

06/02/21

O leite das plantas

 

© Fornecido por IstoÉNunca se consumiu tanto leite vegetal no Brasil. Alternativa para quem quer ter uma alimentação mais saudável e balanceada, o produto caiu de vez nas graças dos consumidores nos últimos anos. Se antes era consumido majoritariamente por pessoas adeptas da dieta vegana ou vegetariana, agora especialistas afirmam que a variedade de sabores acabou com esse mito e atraiu novos adeptos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os brasileiros consomem mais produtos industrializados do que vegetais, mas há uma margem de crescimento considerável para produtos sustentáveis. Bebidas produzidas a partir de sementes de amêndoas, aveia, arroz, castanha de caju, coco, entre outros, estão em alta. “O leite vegetal é um leite com perfil menos inflamatório, menos alergênico e com menor quantidade de hormônios do que o de vaca”, afirma Fernanda Scheer, nutricionista funcional. “Quanto menos ingredientes e menos processado o produto for, melhor”, acrescenta.

A especialista em alimentação consciente Camila Espinosa conta que o hábito de ler os rótulos dos alimentos no momento da compra para conhecer os nutrientes não é uma pratica comum, mas deveria ser, visto que o excesso de açúcares, gorduras e conservantes causam doenças graves como diabetes, além de aumentar problemas como a intolerância à lactose. Além disso, os bons leites vegetais são alimentos equilibrados. “É preciso ter cuidado. Não adianta comprar um produto sem saber os ingredientes”, afirma. A penetração do leite vegetal no mercado brasileiro gira em torno de 1,8%, enquanto que nos Estados Unidos ultrapassa os 14%.

Mercado estratégico

Empresas como a Vigor e Piracanjuba adotaram linhas de alimentos naturais recentemente, o que mostra uma nova estratégia de mercado, visto que o Brasil é o quinto país que mais consome leite no mundo. “Quando um gigante investe na área, é um bom sinal”, ressalta Giovanna Meneghel, CEO da Nude, especializada na produção de leite a partir da aveia. A empresa se lançou no mercado em dezembro e em pouco tempo já caminha para o terceiro lote de produção. Quem quiser provar leite vegetal encontra o produto em supermercados e lojas de alimentos naturais. Os preços do litro variam de R$ 9,99 até R$ 40 e há uma infinidade de sabores. E, definitivamente, seu consumo já não é mais uma exclusividade de veganos e vegetarianos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário