Páginas

Pesquisar este blog

23/02/21

Polícia Civil apura relação entre violência doméstica e incêndio em residência no bairro Ana Jacinta

Pode ser uma imagem de árvore e ao ar livre

Foto: Stephanie Fonseca/G1

Polícia Militar foi acionada ao local, em Presidente Prudente, para atender a uma briga e constatou o fogo.
Por G1 Presidente Prudente
Um incêndio foi registrado na madrugada desta segunda-feira (22) em uma casa no Conjunto Habitacional Ana Jacinta, em Presidente Prudente. Tudo começou com uma briga.
A Polícia Militar foi acionada para atender uma desinteligência. Quando chegou ao local, ninguém estava na casa, mas o portão e a porta estavam abertos. Além disso, os policiais constataram um foco de incêndio em um quarto.
Os militares tentaram apagar o fogo, mas as chamas se espalharam rapidamente pela casa. O Corpo de Bombeiros foi acionado.
Posteriormente, uma moradora chegou e disse que estava no imóvel, quando o autor chegou bêbado, sob efeito de droga, e tentou entrar na casa, forçando portas. Ele entrou pela janela do banheiro. A mulher então pulou a janela de um quarto e deixou a casa, sendo que o suspeito ficou no local.
A mulher ainda contou à polícia que a irmã e o autor se separaram recentemente, que há várias ocorrências referente ao casal e que ele, inclusive, já foi preso por ameaça. A ex-companheira do suspeito foi informada do incêndio e chegou ao local na sequência, alterada e gritando.
De acordo com o registro policial, o Corpo de Bombeiros conteve o fogo, mas a residência “foi quase que totalmente destruída”. Pela parte externa da casa não é possível ver os danos provocados pelo incêndio.
O local foi periciado.
O caso também foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) para apurar o incêndio, com relação à violência doméstica.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário