Páginas

Pesquisar este blog

22/02/21

Santos busca empate, frustra o Fluminense e fica com última vaga na Libertadores

Pode ser uma imagem de 2 pessoas, pessoas em pé, pessoas praticando esportes e ao ar livre

(Foto: Mailson Santana FFC)
Jean Mota marca quase no fim após Lucca abrir para o Tricolor, que perde chance de dormir no G-4
O Santos empatou em 1 a 1 com o Fluminense na noite deste domingo, na Vila Belmiro, e garantiu a última vaga brasileira na Libertadores da América – tirando Athletico, Corinthians e Bragantino da disputa. O resultado foi buscado com um gol de Jean Mota aos 43 minutos do segundo tempo, depois de Lucca abrir para o Tricolor ainda na etapa inicial. Nino, do Fluminense, foi expulso por reclamação antes do gol de empate santista e atrapalhou a luta carioca para alcançar o G-4 – agora, resta secar o São Paulo.
Na tabela
O empate levou o Santos aos 54 pontos, em oitavo, quatro pontos à frente de Athletico, Corinthians e Bragantino, que não podem mais alcançar o Peixe. Com isso, está garantido nas etapas prévias da Libertadores. O Fluminense, com 61, perdeu a oportunidade de dormir no G-4. Ficou em quinto e seca o São Paulo para ter chance de ficar entre os quatro primeiros.
Próximos jogos
As duas equipes encerram sua participação no Campeonato Brasileiro na próxima quinta-feira, em rodada toda disputada às 21h30. O Fluminense recebe o Fortaleza, e o Santos visita o Bahia.
Críticas à árbitragem
O Fluminense deixou o campo na bronca com a arbitragem de Sávio Pereira de Sampaio. Não só Nenê na saída de campo, mas também Marcão na coletiva alegaram que "faltou critério" por parte do juiz. O lance que gerou mais reclamação do time tricolor foi a expulsão de Nino, aos 40 do segundo tempo. O gol de empate do Santos, inclusive, saiu na cobrança da falta que provocou o cartão vermelho no zagueiro por reclamação.
Despedida
Depois do jogo, o Santos anunciou a saída do técnico Cuca, que já não treina o time na última rodada, contra o Bahia, fora de casa. Ariel Holan será o substituto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário