Páginas

Pesquisar este blog

10/02/21

 

Sem saber desligar filtro no Zoom, advogado diz ao juiz que não é um gato

Por: Louise Queiroga
Advogado entrou em reunião pelo Zoom com filtro de gato
Advogado entrou em reunião pelo Zoom com filtro de gato Foto: Reprodução
 Foto: Reprodução

Filtros em aplicativos de chamadas por vídeo podem ser divertidos quando são convenientes. No entanto, para um advogado do 394º Distrito Judicial do Texas, nos Estados Unidos, acabou se tornando um caso viral nas redes sociais. Rod Ponton entrou numa transmissão ao vivo em seu expediente de trabalho pelo aplicativo Zoom com um filtro que o deixou irreconhecível. O juiz Roy Ferguson prontamente o avisou sobre o efeito de gato ativado. Mas o profissional admitiu que estava com dificuldades para removê-lo, mesmo após pedir socorro à assistente.

Juiz Roy Ferguson: "Acredito que você tenha um filtro ativado nas configurações de vídeo. Você pode querer ..."

Advogado Rod Ponton: "É... estamos tentando... Você pode me ouvir, juiz?"

Juiz Roy Ferguson: "Eu posso te ouvir. Eu acho que é um filtro".

Advogado Rod Ponton: "É isso. Eu não sei como removê-lo. Minha assistente está aqui. Ela está tentando removê-lo, mas... Eu estou preparado para seguir em frente. Eu estou aqui ao vivo, mas eu não sou um gato".

Juiz Roy Ferguson: "Eu posso ver isso".

Internautas reagiram à cena com comentários bem-humorados e de apoio à equipe jurídica nas redes sociais:

"Isso trouxe um sorriso muito necessário ao meu rosto hoje. Obrigado por compartilhar", agredeceu uma pessoa no Twitter.

"Eles nunca nos prepararam na faculdade de direito para o que fazer se você de repente se transformasse em um gato enquanto se apresentava perante um juiz", diz outra postagem.

"Deus, você pode praticamente sentir a ansiedade em sua voz enquanto ele está correndo para se explicar / desligar; __;", afirmou um usuário do YouTube.

Visando a auxiliar outros profissionais que precisem das chamadas por vídeo, que se tornaram tão comuns em razão da pandemia, o proprio juiz usou seu perfil no Twitter para divulgar as imagens da reunião e oferecer dicas.

"Se uma criança usou seu computador, antes de entrar em uma audiência virtual, verifique as Opções de Vídeo do Zoom para ter certeza de que os filtros estão desligados", recomendou Ferguson em uma postagem. "Este gatinho acaba de fazer um anúncio formal sobre um caso no 394º (som ligado)".

"Esses momentos divertidos são um subproduto da dedicação da profissão jurídica em garantir que o sistema de justiça continue a funcionar nestes tempos difíceis", refletiu. "Todos os envolvidos lidaram com isso com dignidade, e o advogado filtrado mostrou uma graça incrível. Verdadeiro profissionalismo por todos os lados!", completou, acrescentando que autorizou a divulgação das imagens pela imprensa "para fins educacionais".

"É fundamental que isso não seja usado para zombar dos advogados, mas sim para exemplificar a dedicação da comunidade jurídica à causa da justiça", destacou.

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário