Páginas

Pesquisar este blog

09/02/21

 

Tenente da Marinha britânica é acusada de vender pornô filmado em submarino

Por: Louise Queiroga 
Tenente da Marinha Real britânica, Claire Jenkins é investigada
Tenente da Marinha Real britânica, Claire Jenkins é investigada Foto: Reprodução / The Sun
 Foto: Reprodução / The Sun

A gravação de filmes pornográficos em um submarino nuclear da base secreta de Faslane, no Reino Unido, rendeu a abertura de uma investigação contra a tenente da Marinha Real Claire Jenkins, de 29 anos, acusada de vender o conteúdo em um site de entretenimento adulto, sob o pseudônimo de Cally Taylor. A oficial comercializaria ainda outras imagens de si própria e vídeos explícitos com o namorado, Liam Doddington, que também é marinheiro. Alguns filmes são de dentro do submarino HMNB Clyde.

Liam Doddington, namorado de Claire Jenkins, também é marinheiro
Liam Doddington, namorado de Claire Jenkins, também é marinheiro Foto: Reprodução / The Sun

 Foto: Reprodução / The Sun

De acordo com o jornal britânico "The Sun", autoridades temem que o casal possa ser chantageado por agentes estrangeiros.

"Os comandantes não podem acreditar. Pode haver todos os tipos de riscos de segurança envolvidos", afirmou uma fonte ao "Sun".

A tenente comandou uma equipe HMS Artful, o terceiro submarino nuclear da classe Astute da Marinha Real, e foi responsável pelo revestimento externo de alta tecnologia da embarcação de 1 bilhão de libras, com aparatos que permitem navegar pelo oceano perseguindo submarinos russos.

Claire Jenkins adota pseudônimo de Cally Taylor em site adulto
Claire Jenkins adota pseudônimo de Cally Taylor em site adulto Foto: Reprodução / The Sun

 Foto: Reprodução / The Sun

No perfil do site de conteúdo adulto, Cally Taylor declara que "adora ser travessa".

"Meu lado travesso às vezes pode me trazer problemas, mas aquela sensação de empolgação que podemos sentir fazendo isso me deixa com muito calor e preocupada", afirma ela na descrição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário