Páginas

Pesquisar este blog

11/02/21

 

Trio de náufragos é resgatado de ilha após passar 33 dias comendo cocos, mariscos e ratos

Por: Fernando Moreira 

Trio isolado em ilha após naufrágio no Caribe
Trio isolado em ilha após naufrágio no Caribe Foto: Reprodução/Twitter(USCGSoutheast)

Foto: Reprodução/Twitter(USCGSoutheast)

Dois homens e uma mulher foram resgatados de uma ilha deserta na terça-feira (9/2) após sobreviverem à base de cocos, mariscos e ratos por 33 dias, informou a Guarda Costeira dos EUA, citada por reportagem de afiliada da rede NBC.

A Guarda Costeira avistou pessoas agitando bandeiras na segunda-feira (8/2), durante uma patrulha aérea de rotina nas águas ao redor de Anguilla Cay, em uma cadeia de ilhas nas Bahamas, entre Lower Keys (Flórida) e Cuba. A Guarda Costeira tratou o caso como uma missão de resgate e lançou água, comida e um rádio para os isolados na segunda-feira. Os três estavam vivendo sob um abrigo improvisado. Abaixo, vídeo mostra avião lançando mantimentos para o grupo de náufragos:

Uma equipe de helicóptero baixou na pequena ilha, que não tem fonte de água doce, e levou o grupo para um centro médico de Lower Keys. Nenhum dos três tinha ferimento grave. Eles exibiam sinais de desidratação e fadiga.

Naúfragos cubanos em ilha isolada no Caribe
Naúfragos cubanos em ilha isolada no Caribe Foto: Reprodução/Twitter

 Foto: Reprodução/Twitter

A Guarda Costeira disse que o trio era originário de Cuba. Eles disseram à tripulação do helicóptero que seu barco virou em águas agitadas quase cinco semanas antes, e eles puderam nadar até a ilha deserta.

Não ficou imediatamente claro se eles eram emigrantes tentando chegar aos EUA ou outro país, ou se eram pescadores perdidos no mar, disse o suboficial da Guarda Costeira dos EUA Brandon Murray, de acordo com o "Sun-Sentinel".

Murray acrescentou considerar notável que as três pessoas tenham sobrevivido:

"Não consigo me lembrar de uma vez em que salvamos pessoas que ficaram isoladas por mais de um mês em uma ilha. Este é um caso novo para mim."

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário