Páginas

Pesquisar este blog

08/02/21

TSE revoga sanções para quem não votou

 




UMA RESOLUÇÃO APROVADA PELO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SUSPENDE AS CONSEQUÊNCIAS PARA QUEM NÃO VOTOU E NEM JUSTIFICOU NAS ELEIÇÕES DE 2020.  DE ACORDO COM A LEI, QUEM NÃO PARTICIPA DAS ELEIÇÕES E NÃO JUSTIFICA DEVE PAGAR UMA MULTA E FICA IMPEDIDO DE RETIRAR PASSAPORTE E CARTEIRA DE IDENTIDADE, SE INSCREVER EM CONCURSO PÚBLICO, REALIZAR MATRÍCULA EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO FEDERAL E RECEBER REMUNERAÇÃO ORIUNDA DO PODER PÚBLICO.  COM A RESOLUÇÃO, O CIDADÃO NÃO SERÁ IMPEDIDO DESTES SERVIÇOS, MESMO ASSIM TERÁ QUE PAGAR A MULTA.  A DECISÃO FOI TOMADA POR CONTA DO AGRAVAMENTO DA PANDEMIA DA COVID-19 QUE IMPOSSIBILITOU O SERVIÇO REGULAR DOS POSTOS DE ATENDIMENTO DA JUSTIÇA ELEITORAL. NA PRÁTICA, O CIDADÃO CONTINUA IRREGULAR COM O TSE, SITUAÇÃO QUE SÓ REGULARIZA COM O PAGAMENTO DA MULTA.  VALE LEMBRAR QUE A MEDIDA É VÁLIDA APENAS PARA QUEM NÃO PARTICIPOU DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DO ANO PASSADO. // PARA QUEM NÃO VOTOU EM ELEIÇÕES ANTERIORES, E NÃO JUSTIFICOU, AS RESTRIÇÕES AOS SERVIÇOS PÚBLICOS CONTINUAM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário